Grêmio critica horário do jogo de ida das semifinais: “Falta bom senso”


Por: Valéria Possamai,

O Grêmio protestou quanto à definição do horário do jogo de ida, pela fase de semifinais do Campeonato Gaúcho. No domingo, o time irá à Ijuí para enfrentar o São Luiz, às 19h. O clube alega que o horário interfere a logística do time, que na quinta-feira, tem compromisso no Chile, pela Copa Libertadores da América.

“Eu troquei longas ideias com o presidente para ver se conseguia mudar o jogo das 19h para 16h, até para voltarmos com voo fretado. A nossa logística vai ser prejudicada, pois só iremos voltar no dia seguinte. Em algumas pessoas falta o bom senso. Era só inverter o horário do jogo do Inter com o nosso. Eu estou calado, deixando para diretoria”, declarou o técnico Renato Portaluppi após a partida contra o Juventude.

A direção gremista tentou junto à Federação Gaúcha a alteração de horário, mas o pedido não foi aceito por conta da grade televisiva. “Eu fico abismado. A gente faz uma solicitação apenas para trocar o horário. Nada de mais. Não, nada pode. É um protesto que fazemos, veemente, pois deveriam ter mais bom senso. Hoje, complica o Grêmio, mas, na próxima, pode ser com outros”, afirmou o diretor de futebol, Deco Nascimento.

Após o 0 a 0 na noite desta quinta-feira, o Grêmio volta às atividades na tarde desta sexta-feira. No sábado, a delegação da início a série de viagens que estende até o fim da próxima semana. O primeiro trajeto será a ida e volta à Ijuí, para a disputa das semis do Gauchão. Na terça-feira, a equipe embarca para o Chile para a partida contra o Universidad Católica, na quinta-feira. O time retorna à Porto Alegre na sexta-feira. No domingo, em casa, recebe o São Luiz pelo jogo de volta, em busca da classificação à final do Estadual.

 

 

Comentários