Grêmio conquista vitória fora de casa e fica perto do G6


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

O Grêmio voltou a vencer fora de casa e novamente contra um time comandado por Argel Fucks. A última vitória fora de casa no Brasileirão tinha sido no Grenal e agora Renato quebra mais uma sequência ruim do time gremista. Com os 3 pontos, o Grêmio chega a 43 e fica a 1 do Atlético-PR, sexto colocado.

Primeiro Tempo

Um primeiro que começou com o Vitória marcando pressão no Grêmio e encurralando o Tricolor em seu campo. A pressão era na base do abafa e sem muita qualidade, o que facilitava para os defensores do Grêmio. Com 3 atacantes, o time baiano chegava com mais facilidade à frente, com mais opções para a posse de bola ofensiva.

Após os 20 minutos iniciais, o Tricolor equilibrou o jogo, conseguindo dominar mais o meio campo e criar uma boa chance com Henrique Almeida, que cara a cara, desperdiçou. Mesmo assim, o time de Renato tinha bons momentos quando apertava a defesa adversária e forçava-a rifar a bola.

O jogo era aberto e o Vitória tentava furar a defesa, forçando o lado esquerdo do Grêmio onde Marinho e Zé Love jogavam em cima de Iago. O lateral até que conseguia conter os avanços adversários, mas apelava para faltas e consequentemente levou o cartão amarelo logo no primeiro tempo.

Aposta do treinador na vaga de Luan, Henrique Almeida não conseguiu ter um bom desempenho na partida, assim como Pedro Rocha, muito apagado no lado esquerdo. Douglas, muito marcado, não tinha espaço para criar e o Grêmio chegava com muita gente, mas sem qualidade.

 

Segundo Tempo

No segundo tempo, Marcelo Grohe sentiu um velho problema no pé, a fascite plantar e deu lugar a Bruno Grassi. Como no primeiro tempo, o time da casa voltou mais aceso e continuou a pressão inicial, mas sem assustar o goleiro gremista. Mais organizado, o Grêmio conseguia fechar os espaços e tinha bom escape para o contra-ataques.

Pedro Rocha melhorou com relação à primeira etapa e com Douglas, dava um ritmo maior no ataque. Walace também era mais participativo, fazendo o combate mais adiantado e conseguindo roubadas de bola. O momento era bom e num contra-ataque, Jaílson sofreu falta na intermediária. Douglas cobrou a meia altura e a bola encontrou o mesmo Jaílson, que desviou para o gol, abrindo o placar na Fonte Nova.

Com o gol, o time do Vitória se lançou ao ataque, praticamente com todo o time no campo gremista. Para o Tricolor sobraram os contra-ataques e foram muitos. Em diversas oportunidades o time chegou bem à frente, com mais jogadores, com mais organização, mas faltava o o capricho no último toque.

Everton entrou na vaga de Henrique Almeida e deu novo fôlego ao time, com boas jogadas pelo lado direito de ataque. O Grêmio não aproveitou as oportunidades cedidas pelo adversário no final ainda tomou pressão no final.

Ficha Técnica

Vitória 0 x 1 Grêmio

Gol: Jailson, aos sete minutos do segundo tempo

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 5 de outubro de 2016, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Cartões Amarelos: Kanu, Willian Farias, Vander (Vitória); Iago, Kannemann, Pedro Rocha (Grêmio)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Luiz Antonio Barbosa (MG) e Marconi Helbert Viana (MG)

VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus, Kanu, Ramon e Diego Renan; Willian Farias (Euller), Marcelo e Tiago Real (Serginho); Marinho (Vander), Kieza e Zé Eduardo. Técnico: Argel Fucks

GRÊMIO: Marcelo Grohe (Bruno Grassi); Edilson, Geromel, Kannemann e Iago; Walace, Jaílson, Ramiro e Douglas; Pedro Rocha (Wallace Reis) e Henrique Almeida (Everton). Técnico: Renato Gaúcho

Comentários