Grêmio conquista a Recopa Sul-Americana nos pênaltis


Por: Diogo Rossi, Jornalista, radialista e Repórter na @rdgrenal

Enfim, a primeira possibilidade de título do Grêmio em 2018 chegou. Diante de aproximadamente 43 mil torcedores, o clube gaúcho recebeu o Independiente-ARG em jogo válido pela volta da Recopa Sul-Americana. O empate por 1×1 em Avellaneda dava ao Tricolor a possibilidade de apenas vencer pelo placar mínimo para se sagrar campeão.

Durante os 90 minutos, no entanto, nada de gols para ambas as equipes, bem como na prorrogação. A decisão foi para as cobranças de pênaltis, e, mais uma vez, brilhou a estrela de Marcelo Grohe. Em uma série perfeita, com direito a gol de Jael, o atual campeão da América acertou todas as cobranças, enquanto Benítez desperdiçou a última.

Milagres de Campaña e árbitro de vídeo novamente 

Renato Portaluppi entrou em campo com o que melhor tinha a sua disposição para o duelo. Marcelo Grohe, Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez formaram o sistema defensivo. Jaílson, Maicon, Alisson, Luan e Everton compuseram o meio-campo, com Cícero, mais uma vez improvisado, no comando do ataque.

Se na Argentina o Grêmio teve um primeiro tempo com grandes dificuldades, em casa conseguiu o controle da partida. Everton, pelo lado esquerdo, foi quem mais levou trabalho à defesa do Independiente. Nos instantes iniciais, conseguiu driblar o goleiro Campaña e chutou rasteiro, mas a defesa conseguiu afastar em cima da linha. O comandante gremista se obrigado a gastar uma alteração ainda no primeiro tempo. Léo Moura caiu no gramado com a mão na coxa e precisou deixar o jogo para o ingresso de Paulo Miranda.

Personagem fundamental no Estádio Libertadores de América, o Árbitro de Vídeo voltou a aparecer na Recopa. O zagueiro Amorebieta foi afastar uma bola e acabou acertando as traves da chuteira no peito de Luan. O juiz da decisão precisou do auxílio para expulsar o defensor venezuelano.

No segundo tempo, Ariel Holan, técnico adversário, optou por tirar o jogador mais avançado, Leandro Fernández, e colocou Figal para recompor o sistema defensivo. O duelo Campaña x Everton seguiu acontecendo. O camisa 11 tricolor conseguiu cortar o marcador, invadiu a área e finalizou de perna esquerda, mas viu o argentino protagonizar grande defesa com os pés. Mesmo com 1 atleta a mais em campo, o Grêmio não conseguiu furar o bloqueio dos visitantes. Renato tentou aumentar a força ofensiva colocando Jael e Maicosuel, nas vagas de Jaílson e Alisson, mas sem sucesso.

Na prorrogação, o panorama com a equipe gaúcha trabalhando no campo de ataque se manteve. O atacante Jael acabou se tornando protagonista no tempo extra. Antes da troca de lado, acertou o travessão de Campaña, depois do cruzamento de Maicosuel. Em cobrança de falta, já na segunda etapa, o centroavante contou com um desvio para abrir o placar, mas, outra vez, o arqueiro do Independiente salvou.

Satisfeita com o resultado, a equipe argentina ainda quase marcou nos instantes finais. Meza cabeceou livre após escanteio, a bola passou por todo mundo e saiu rente à trave de Marcelo Grohe. Maicosuel teve a última chance do jogo, mas invadiu a área pela direita, chutou cruzado e viu o goleiro espalmar a bola.

Grohe herói

Nas cobranças, Maicon, Cícero, Everton, Jael e Luan converteram todas. Pelo lado do Independiente, Gaibor, Meza, Domingo e Romero acertaram também. Na última, Benítez chutou no meio do gol e Marcelo Grohe defendeu, garantindo mais uma conquista internacional para o Grêmio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

24 comentários em “Grêmio conquista a Recopa Sul-Americana nos pênaltis

Comentários estão encerrados.