Governador Eduardo Leite afirma que futebol não é “prioridade” no momento

Foto: (Gustavo Mansur / Palácio Piratini)

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, declarou que a retomada do futebol não é prioridade neste momento. A declaração foi feita durante seu pronunciamento, nesta segunda-feira.

Ainda há a expectativa por parte dos clubes quanto à possibilidade de retomada do Campeonato Gaúcho. Em virtude do modelo de distanciamento do Governo, adotado pela pandemia da Covid-19, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) encaminhou ao Comitê de Crise um protocolo para que os jogos pudessem ser realizados em sedes, com data prevista para o reinício no dia 19 de julho.

Contudo, esta data já está descarta, conforme garantiu o secretário de Esporte do RS, Francisco Vargas, em entrevista à Rádio Grenal. Agora, a esperança é que a conclusão do Estadual possa ocorrer em agosto.

“O retorno do futebol neste momento não é uma prioridade, porque mesmo sendo com portões fechados, provocará aglomeração entre amigos. Estamos tentando usar a pista toda, para que o retorno possa acontecer pouco antes de a CBF determinar o começo das competições nacionais”, declarou Leite.

O apontamento feito pelo governador quanto às competições iniciais diz respeito a previsibilidade da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) retomar com as Séries A e B do Campeonato Brasileiro em 8 e 9 de agosto.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

“O Campeonato Gaúcho não retornará em 19 de julho”, diz Secretário de Esporte do RS
Governador do RS afirma que manterá restrições para o futebol: “Pouco mais de paciência”
Deixe seu comentário