Goiás tem casos positivos de Covid-19 no elenco horas antes da partida contra o São Paulo e jogo precisa ser adiado

Foto: Divulgação / Goiás Esporte Clube

Poucas horas antes da partida contra o São Paulo, válida pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (9), às 16h, na Serrinha, os resultados dos testes de Covid-19 realizados no elenco do Goiás mostraram que 10 atletas testaram positivo para a doença. Segundo a assessoria de imprensa do clube, foram divulgados somente pela manhã. O jogo acabou sendo adiado pela CBF. Ainda não há data definida.

De 26 exames realizados em jogadores, 10 testaram positivo para o novo coronavírus, sendo oito titulares.

O São Paulo, que embarcou para Goiânia com 40 pessoas na delegação, chegou a entrar em campo, mas foi avisado pela equipe de arbitragem de que não haveria jogo. Todos membros do Tricolor Paulista testaram negativo para a Covid-19.

Problema nos testes

O Goiás informou que houve problemas na realização do primeiro teste, feito na quinta-feira (6). De acordo com nota do clube, a própria CBF pediu para invalidar o teste com alegação de que o laboratório escolhido “falhou no acondicionamento das amostras”.

Os testes foram refeitos na sexta-feira (7), mas os resultados foram entregues somente às 8h30min deste domingo. Ao todo, 26 jogadores estavam concentrados – dois para cada quarto. Dos 26, 10 testaram positivo para a Covid-19.

A situação é semelhante à do Vila Nova, que estreou na Série C no último sábado (8). O presidente do clube, Hugo Jorge Bravo, revelou já em Manaus (AM) que os resultados dos testes só haviam saído no dia da partida, com a delegação já na capital do Amazonas. Pelo menos um jogador testou positivo. O clube também precisou refazer os testes durante a semana após a primeira coleta.

Contraprova

A contraprova realizada pelo Goiás após o diagnóstico de 10 casos de Covid-19 no elenco esmeraldino, no entanto, apontou que nove jogadores realmente estão contaminados com o novo coronavírus.

“Repetimos os exames por conta própria para saber se havia veracidade nesses 10 exames. Corremos contra o tempo, fiquei persistentemente cobrando o laboratório, e os resultados ficaram prontos 10 minutos antes das 16h. Desses 10 jogadores, nove realmente testaram positivo e um, negativo. Houve essa divergência”, confirmou o presidente do Goiás, Marcelo Almeida, em entrevista coletiva.

Ainda na noite deste domingo o clube esmeraldino faria mais testes para saber como será o procedimento de viagem para o duelo contra o Athletico-PR, marcado para a próxima quarta-feira (12), em Curitiba (PR), pela segunda rodada do Brasileirão.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Capa Nacional e Internacional

Compartilhe esta notícia:

Conmebol aprova protocolo de saúde para Libertadores e Sul-Americana
CBF anuncia novo protocolo de testes para coronavírus
Deixe seu comentário