Futuro no Inter, saída de Eduardo Coudet e renovação de contrato de jogadores: Rodrigo Caetano fala em entrevista exclusiva à Rádio Grenal

Executivo de futebol do Inter concedeu entrevista exclusiva para a Rádio Grenal na manhã desta terça-feira (8)

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

As especulações sobre a saída ou não de Rodrigo Caetano do cargo de executivo de futebol do Inter seguem em alta. Seu contrato se encerra no dia 31 de dezembro e há possibilidade de que o profissional vá trabalhar no São Paulo, ao lado de Muricy Ramalho, que será coordenador de futebol do clube paulista, no caso de vitória de Julio Casares nas eleições presidenciais são-paulinas. Mas Rodrigo Caetano prefere não falar sobre o assunto e ainda reforça que isso não interfere no seu trabalho no Inter. O executivo de futebol concedeu entrevista à Rádio Grenal na manhã desta terça-feira (8), véspera da partida entre Inter e Boca Juniors, pela Libertadores.

A renovação ou não renovação não depende só de mim. Quando passar esse momento, vou me dar o direito de avaliar as possibilidades que podem surgir a partir de janeiro de 2021 […] Quando eu tenho um contrato vigente com um clube, podem ver que eu nunca rompi esses vínculos. Tive algumas sondagens sim, mas não vou tomar essa decisão antes de ser anunciado se vou renovar ou não”, destacou Rodrigo Caetano.

Sobre a saída do técnico Eduardo Coudet, trazido pelo próprio Rodrigo Caetano para o início da temporada, o executivo disse que a vontade de sair do Inter partiu do comandante argentino e pegou a todos de surpresa:  “Ele nos comunicou que havia recebido uma proposta. Não foi o clube que substituiu o treinador, foi o inverso […] Contratos existem para serem cumpridos ou rompidos. No meu caso, eu cumpro. Então tenho que respeitar a saída dele. Eu sempre defendo a longevidade dos técnicos. Mas eu não posso interferir quando eles querem sair”, explicou.

Caetano também falou sobre as negociações de renovação de jogadores como Musto e Saravia. Segundo o executivo, o Inter aguarda resposta do Huesca e do Porto, pelas propostas feitas para renovar com Musto e Saravia, respectivamente. O atual vínculo dos dois é até 31 de dezembro, ou seja, antes do final da temporada. Até o momento, nenhum acerto foi feito: “O Musto tem contrato até 31 de dezembro, assim como o Saravia. O Renzo estamos negociando com o Porto para estendermos. E o Musto entramos em contato com o Huesca pra ver como podemos resolver até o final do mês”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Especiais

Compartilhe esta notícia:

Patrick vê evolução da equipe e projeta partida contra o Boca: “Lutar até o último minuto”
Encerrada preparação colorada para confronto contra o Boca Juniors
Deixe seu comentário