Fora de casa, o Grêmio supera o Ypiranga por 3 a 2 e garante a liderança no Gauchão

Com gols de Diego Souza, Léo Pereira e Vanderson, o Grêmio chegou a 24 pontos na tabela de classificação.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio garantiu a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Gaúcho na noite deste sábado (24) ao vencer o Ypiranga por 3 a 2, em Erechim. Com gols de Diego Souza, Léo Pereira e Vanderson, o Grêmio chegou a 24 pontos na tabela de classificação, garantindo o primeiro lugar na fase de pontos corridos do estadual.

Com a derrota, o Ypiranga ficou de fora da próxima fase do Gauchão. Na semifinal, o Grêmio enfrenta o Caxias com o primeiro jogo na Serra Gaúcha e o segundo a ser realizado na Arena.

O Grêmio começou pressionando o Canarinho logo no primeiro minuto. Em jogada pela esquerda, a bola sobrou dentro da pequena área para o atacante Ferreira, que tentou o arremate de perna esquerda. A bola passou à esquerda da meta defendida pelo goleiro Paulo.

Logo após, o Ypiranga passou a ditar o ritmo do jogo e chegou com duas oportunidades perigosas contra o gol Tricolor. Na primeira, uma finalização cruzada da pequena área para uma grande defesa do goleiro Brenno. Aos nove minutos do primeiro tempo foi a vez do zagueiro Reinaldo aproveitar cruzamento para cabecear em meio aos zagueiros gremistas. A bola passou perto da trave esquerda do goleiro gremista. Quase que o Ypiranga abre o placar no Colosso da Lagoa. Aos onze minutos, o zagueiro Rodrigues cometeu falta na entrada da área e acabou recebendo cartão amarelo.

O jogo seguiu equilibrado até os 20 minutos do primeiro tempo. Em troca rápida de passes entre Matheus Henrique e Jean Pyerre, o volante gremista acabou sofrendo falta dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti para o Grêmio. A cobrança ficou a cargo do atacante Diego Souza, que soltou a bomba no meio do gol para abrir o placar no Colosso da Lagoa. Grêmio 1 a 0 pra cima do Ypiranga.

O Grêmio seguiu pressionando o Ypiranga até que o goleiro Paulo tentou sair driblando dentro da área e perdeu para Jean Pyerre, que deixou para Léo Pereira finalizar com o gol aberto. Léo Pereira marca o segundo para o Tricolor.

Logo na sequência do segundo gol, o Tricolor encaixou um contra-ataque muito rápido que varou a defesa do Canarinho. Após cruzamento de Ferreira desviado pelo defensor a bola sobrou para o lateral Vanderson, que matou no peito primeiro para, na caída da bola, fulminar um belo chute no canto esquerdo do goleiro Paulo. É o terceiro gol do Grêmio. Até o final do primeiro tempo, o jogo seguiu sem maiores chances para ambas equipes.

O Ypiranga começou o segundo tempo tentando pressionar o Tricolor para diminuir o placar. E, assim como o Grêmio no primeiro tempo, o Ypiranga conseguiu marcar gols em sequência.

Após cobrança de falta ensaiada, o lateral Zé Mário acertou um chute de perna esquerda no canto do goleiro Brenno. Desconta o time de Erechim aos seis minutos da etapa complementar.

No minuto seguinte foi a vez do meia Mossoró acertar um belo chute no canto esquerdo do goleiro gremista. Grêmio 3 a 2 pra cima do Canarinho.

Logo na sequência foi a vez de Brenno evitar aquele que seria o terceiro gol do Ypiranga. Após escorregada do lateral Bruno Cortez, o atacante Cristiano tentou driblar o goleiro gremista, que fez bela intervenção.

Aos 36 minutos o Ypiranga teve uma grande chance para empatar o jogo, mas a bola parou no travessão do goleiro gremista. Após indefinição no interior da área, a bola sobrou para o atleta adversário, que chutou muito forte no poste.

No final da partida, o Grêmio teve uma ótima chance de marcar o quarto gol, mas acabou desperdiçando a oportunidade com o volante Lucas Silva que arrematou para fora após belo passe de Diego Churin. Aos 51 minutos o árbitro encerrou a partida.

Ficha Técnica

– Ypiranga: Paulo, Muriel, Reinaldo, Luis Eduardo, Mikael, Zé Mario, Jean Silva, Fidélis (Revson), Cristiano (Quirino), Mossoró (Tavison), Caprini. Técnico: Júnior Rocha.

– Grêmio: Brenno, Vanderson (Rafinha), Paulo Miranda, Rodrigues, Cortez, Thiago Santos, Matheus Henrique (Darlan), Jean Pyerre, L.Ferreira, Ferreira, Diego Souza. Técnico: Tiago Nunes.

– Arbitragem: Eder Davi Zanella, auxiliado por Claiton Timm e Juarez de Mello Júnior.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Especial: Tiago Nunes – Um andarilho da bola no comando do Imortal
No Beira-Rio, o Inter vence o Esportivo por 5 a 0 pelo Gauchão
Deixe seu comentário