Flexibilização nas mensalidades de torcedores pode virar debate na Assembleia Legislativa

A sugestão da pauta foi encaminhada para a omissão Mista Permanente de Defesa do Consumidor e Participação Legislativa Popular

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Sem a realização de jogos, um dos assuntos que também vem sendo tratados pelos clubes é por alternativas aos seus associados. Sendo uma das principais fonte de receitas, os times tem buscado alternativas para que seus torcedores possam manter a mensalidade em dia, dentro do possível, em virtude da crise com a Covid-19. E, buscando soluções, a pauta pode virar alvo de debate na Assembleia Legislativa do RS.

Por meio de pedido do deputado Juvir Costella (MDB), que está licenciado para atuar como Secretário de Logística e Transportes, o deputado Fábio Branco (MDB) encaminhou uma solicitação, ainda nesta segunda-feira (4), para que o assunto possa ser tratado na Comissão Mista Permanente de Defesa do Consumidor e Participação Legislativa Popular.

A intenção é criar um debate com as participações dos presidentes de Grêmio e Inter, Romildo Bolzan Jr. e Marcelo Medeiros, respectivamente, e também do presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, para tratar de possibilidades e até uma flexibilização na mensalidades dos torcedores associados, neste período sem jogos.

Durante este período de paralisação, a dupla Grenal tem discutido formas para “compensar” os sócios.

Grêmio prepara lançamento de plano de benefícios

Em meio à crise da pandemia da Covid-19, o Grêmio prepara o lançamento de programa para beneficiar seus associados. A intenção do clube é promover vantagens aos torcedores, que dentro do possível, estão mantendo suas mensalidades em dia. A expectativa é que o lançamento do plano seja ainda no início desta semana. A ação irá promover bônus, promoções e outras vantagens, inclusive, para quando houver a retomada dos jogos.

Inter amplia utilização do Clube de Vantagens

O acesso liberado para todos os torcedores do Clube de Vantagens do Inter foi prorrogado por mais 30 dias, tendo em vista que os impactos econômicos da pandemia ainda devem seguir em maio. O serviço oferece descontos em vasta rede de parceiros, como farmácias, restaurantes e outros estabelecimentos ligados à alimentação.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

“Com todos seguindo a mesma base, vamos aumentar o nível de segurança”, diz médico sobre a elaboração do protocolo da CBF
Jogadores se unem por pedido de segurança no retorno do futebol
Deixe seu comentário