Flamengo abre o placar com Arrascaeta, mas vê Fluminense crescer e sai derrotado

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A noite podia ter sido do Flamengo, mas a sorte estava com a parte tricolor do Rio de Janeiro. O clássico FlaFlu teve um primeiro tempo tomado de chances flamenguistas. Na segunda etapa, o Fluminense cresceu e saiu do Maracanã vitorioso, mais perto ainda da zona que garante uma vaga na Libertadores.

Sétimo colocado, o time do técnico Marcão chegou aos 43 pontos, um a menos que o Palmeiras, que é o sexto. Nesse momento, o Flu estaria fora da Libertadores. Mas existe uma grande possibilidade de o G-6 virar G-7, caso o vencedor da Copa do Brasil (a final será entre Grêmio x Palmeiras) termina o Brasileirão entre os seis primeiros. E também há a chance de virar G-8 se o campeão da Libertadores também terminar na parte de cima da tabela – Santos e Palmeiras estão na semifinal da competição.

O Flamengo teve inúmeras oportunidades de gol nesta quarta-feira. Com cinco minutos de jogo, por exemplo, já haviam sido duas: Gabigol perdeu chance clara chutando por cima e Rodrigo Caio parou nas mãos de Marcos Felipe. No segundo tempo, o Fluminense foi para cima, equiparou as forças, chegou ao empate com Luccas Claro e finalizou o rival aos 47 minutos do segundo tempo, quando Arão e Hugo Souza titubearam depois do passe de Filipe Luís, e Yago Felipe apareceu entre eles tocando de mansinho para o fundo das redes.

Agora, o Flamengo estacionou nos 49 pontos e dormiu no G3 do Brasileirão.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

Em noite desastrosa, São Paulo perde de 4 a 2 para o Bragantino e treme na liderança do Campeonato
Copa do Brasil: CBF anuncia possíveis datas para Grêmio x Palmeiras
Deixe seu comentário