Felipão comemora vitória, mas ressalta: ”Espero colher mais resultados no futuro.”

Técnico falou com a imprensa após boa vitória do Grêmio sobre o Ceará

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O Grêmio venceu, e venceu bem. Na manhã deste domingo (12), os comandados de Luiz Felipe Scolari fizeram seu trabalho e triunfaram sobre a equipe do Ceará, na estreia do ex-comandante gremista Tiago Nunes, pela primeira rodada do returno do Brasileirão. Após a partida, Felipão conversou com a imprensa por meio de entrevista coletiva e comentou sobre o resultado.

A primeira questão foi sobre Jaminton Campaz. O colombiano, mesmo tendo condições de estar em campo, ficou no banco de reservas e sequer entrou durante o decorrer da partida. O técnico comentou sobre esta decisão:

”Eu fiz a opção pelo Alisson por uma situação tática. O Campaz fez o seu trabalho normalmente durante toda a semana, e se tivéssemos uma situação diferente no jogo, ele poderia jogar. Mas optamos pelo Alisson para dar um pouco mais de velocidade pelos lados do campo, já que tinhamos dois jogadores velozes pelo lado e ele poderia compor em algumas oportunidades aquele setor. Mas não tem nada de especial.”

O Grêmio começou a partida de uma maneira mais ofensiva, foi predominamente durante o primeiro tempo e construiu o resultado. Contudo, para a segunda etapa, Felipão adotou uma postura mais defensiva, e decidiu esperar pelo adversário. Ele comentou sobre suas escolhas durante a partida:

”Nós fizemos o jogo calculado. Tinhamos condição de marcar pressão, como fizemos no primeiro tempo, e fizemos o que foi possível. Começamos com essa marcação mais forte, e no segundo tempo fizemos uma marcação um pouco mais baixa, pois mesmo fazendo todo um trabalho durante a semana, de quinta à domingo, teriamos dificuldades daquela maneira.”

Perguntado, o treinador respondeu se a boa atuação teria relação com os protestos ocorridos no CT do clube à pouco menos de duas semanas atrás, para ele, não houve relação direta: ”Nem eu, nem os jogadores comentamos sobre o assunto. O que tinhamos que fazer era trabalhar durante a semana, só isso. Foi o que fizemos, e colhemos o resultado hoje. Mas esperamos colher ainda mais resultados no futuro.”

Felipão também comentou sobre a dupla de zaga Ruan-Rodrigues. Os jovens vem apresentando um bom futebol nas últimas partidas e, também por conta das frequentes ausências de Geromel e Kannemann, estão firmando cada vez mais no tricolor. O comandante respondeu se eles podem se tornar a dupla titular na defesa:

”Existe a possibilidade, tanto é que eles estão jogando. Por uma série de fatores que acontecem com nossos atletas, em razão de lesões, fazem com que o segmento de um ou dois jogos não aconteça. Os que estão jogando são muito rápidos, jogadores de extrema velocidade, que claramente podem substituir. Mas ainda temos Geromel e Kannemann, uma zaga espetacular.

Com a vitória, o Grêmio ultrapassou o Sport, que ainda entrará em campo na próxima segunda-feira (13) e agora está na 18ª colocação, à três pontos do São Paulo, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com gols de Diego Souza e Ferreira, Grêmio bate o Ceará por 2 a 0 no Campeonato Brasileiro
Herrmann projeta 2° turno do Grêmio no Brasileirão e afirma: “44 não cai”
Deixe seu comentário