Espinosa: ”O Mário Sérgio eu considerava um irmão; o choque é grande”.


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

O ex-jogador e ex-técnico Mário Sérgio, estava no avião da Chapecoense que caiu na madrugada desta terça-feira, na Colômbia e que vitimou mais de 70 pessoas. Muito amigo de Mário.  diretor técnico do Grêmio, Valdir Espinosa relembrou alguns dos momentos que passou com ele em entrevista no Grenal Futebol Clube: ”Perdi alguns colegas no acidente como o Caio Jr., mas o Mário Sérgio eu considerava um irmão. O choque é grande”.

Acompanhe a entrevista completa:

Comentários