“Espero que isso tudo passe o quanto antes”, diz Thiago Neves após manhã de treinos no Grêmio

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Nesta quinta-feira (14), o meia Thiago Neves falou sobre seus primeiros jogos com a camisa do Grêmio antes da paralisação no futebol brasileiro. O ex-jogador do Cruzeiro acredita que sofreu com a questão física, já que não cumpriu uma pré-temporada junto dos demais companheiros, e prometeu empenho para conquistar títulos na Arena. Chegando a quase quatro meses vestindo a camisa tricolor, ele está na expectativa pelo retorno do futebol, mas sabe que o momento é difícil e solidariza com as pessoas afetadas pela pandemia.

“Espero que isso tudo passe o quanto antes para que a gente, dentro de campo, possa amenizar um pouco a dor de vocês. Estamos nos preparando, fomos um dos primeiros a voltar a treinar para que quando as competições voltarem estarmos fortes. A gente sabe da importância que é jogar no Grêmio e não podemos deixar passar nenhum ano em branco, vamos em busca de títulos quando tudo isso passar”, disse em entrevista à Grêmio TV.

Trajetória no Gremio

O jogador de 35 anos foi uma das contratações mais badaladas da direção, mas também a mais polêmica. Apesar do currículo repleto de conquistas, o 2019 turbulento pelo Cruzeiro deixou dúvidas sobre seu desempenho. Só que Thiago Neves confia que retomará o bom futebol na Arena e vislumbra repetir os feitos de dois ícones do clube. Após um início complicado no Grêmio, o jogador acredita que retomar os trabalhos junto aos companheiros o coloca em igualdade de condições. Tanto que promete dedicação total para se tornar ídolo da torcida, como Renato e Luan.

“Tenho me preparado ao máximo para ser ídolo igual ao Renato, igual foi o Luan. Se for preciso comer grama, dar carrinho na bandeirinha do escanteio, se precisar ralar mais que o necessário farei para ficar marcado na história do Grêmio”, disse.

Futuro no tricolor

A meta, agora, é lutar pela titularidade. Thiago Neves reconheceu que estava rendendo menos do que o esperado, ficando atrás dos companheiros nas primeiras partidas da temporada. Quando engrenou, veio a paralisação do futebol. Segundo o jogador, a retomada junto ao grupo será o coringa para deslanchar na Arena. “Cheguei depois de todo mundo, tive bastante dificuldade para entrar no ritmo. Quando entrei, teve a pausa pela pandemia. O começo foi bem difícil, mas agora voltando com todo mundo, no mesmo ritmo, facilitará até o entrosamento. É uma adaptação. O Grêmio joga em outro estilo em relação ao clube que estava. Nessa volta, será bem melhor porque sei como funcionam as coisas no Grêmio”, promete.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio lança novo modelo de uniformes inspirados na garra e sentimento do torcedor
Grêmio faz primeiro treino com bola após retomada das atividades
Deixe seu comentário