“Esperamos que o histórico disciplinar pese a nosso favor”, diz diretor jurídico do Grêmio sobre julgamento das expulsões no Grenal

Julgamento ocorre na tarde desta segunda-feira (30)

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
RS - FUTEBOL/CONMEBOL LIBERTADORES 2020 /GREMIO X INTERNACIONAL - ESPORTES - Lance da partida entre Gremio e Internacional disputada na noite desta quinta-feira, na Arena do Gremio, valida pela Conmebol Libertadores 2020. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Nesta segunda-feira (30), às 15h30 (de Brasília), iniciam as audiências na Comissão Disciplinar da Conmebol sobre as expulsões do clássico Grenal, ainda pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. No lado do Grêmio, quatro jogadores serão julgados e o departamento jurídico crê no histórico disciplinar do clube para ter penas reduzidas.

O primeiro clássico da competição ficou marcada como o 2° jogo na história da Libertadores com maior número de expulsões: oito jogadores receberam cartão vermelho, quatro da cada time. Luciano, Pepê, Paulo Miranda e Caio Henrique serão os nomes em pauta pelo lado do Grêmio. Em entrevista à Rádio Grenal, o diretor jurídico do tricolor, Nestor Hein afirmou que um dos argumentos da defesa será para o fato que os episódios no final da partida tiveram “muita discussão e pouca briga”.

“Estamos preparados para várias situações. Tudo vai depender de diversas questões. Mas nós vamos trazer tudo aquilo que é verdadeiro. Tivemos muita discussão, mas pouca briga. Vamos chamar atenção para isso também. Até levando em conta outras confusões muito mais fortes de outros clubes na competição”, declarou o diretor jurídico.

Além disso, Hein afirmou que crê na conduta disciplinar do time na competição para obter uma pena reduzida ou absolvição: “Esperamos que o nosso histórico disciplinar positivo pese a nosso favor. Vamos para defender o Grêmio e não para atacar outros clubes.”

O julgamento

As audiências iniciam às 15h30 (de Brasília) e cada expulsão seria avaliada de forma individual. O tempo estimado de cada audiência é de 30 minutos, começando pelo atletas do Inter e depois o Grêmio. Por conta disto, o resultado do julgamento pode não ser divulgado nesta segunda-feira.

Conforme o Código Disciplinar da CONMEBOL, as punições previstas no artigo 16 do texto publicado em 2019, prevê:

  • b) Suspensão de no mínimo duas partidas na competição ou por um
    período de tempo específico por conduta violenta ou por agredir
    jogadores, ou qualquer outra pessoa presente na partida, exceto seus
    oficiais.
  • c) Suspensão de no mínimo cinco partidas na competição ou por um
    período de tempo específico por uma agressão ou menosprezo que
    seja considerado como grave pelos órgãos judiciais.
  • d) Suspensão de no mínimo seis partidas na competição no caso de
    cuspir em um jogador rival ou em qualquer outra pessoa que não seja
    um oficial de jogo.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Elenco do Inter fará doação coletiva para auxílio ao combate do Covid-19
Situação de Moisés é o que mais preocupa o Inter em julgamento das expulsões do Grenal
Deixe seu comentário