Ernando: ”Todos nós refletimos o que podemos melhorar um para com o outro”

O clima ainda é pesado. O Internacional voltou apenas hoje aos treinamentos, focando no jogo contra o Fluminense, que adiado, só acontecerá no dia 11/12. Após as atividades, Ernando foi o escolhido para a entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Parque Gigante.

Muito emocionado sobre o acontecido com os jogadores da Chape, o zagueiro relembrou a relação que tinha com alguns dos envolvidos na tragédia. Ernando lembrou do amigo e ex-companheiro, o lateral Alan Ruschel, que estava com a delegação da Chape, mas acabou sobrevivendo e está internado em um hospital da Colômbia: “Eu to torcendo muito para que ele se recupere e saia dessa. É um guerreiro”, disse o zagueiro, para completar: “Todos nós refletimos o que podemos melhorar um para com o outro. Tentar viver a vida ajudando mais o próximo”.

Com os olhos marejados, por diversas vezes parou de falar para evitar que as lágrimas tomassem conta. Lembrava de Josimar, um dos dos seus primeiros elos no Inter.

”Logo que cheguei, estávamos na delegação em Gramado. Fomos com o Jackson ao meu primeiro fondue. Era contido, mas solidário. Ajudava todo mundo. Ele acabou emprestado, mas sempre foi um cara do bem”, disse.

Voltar Todas de Brasileiro

Compartilhe esta notícia:

Com pausa para a final, Grêmio segue com trabalhos no CT Luiz Carvalho
Espinosa: ”O Mário Sérgio eu considerava um irmão; o choque é grande”.
Deixe seu comentário