Equipe principal estreia e perde para o Cruzeiro-RS na Arena


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

No reencontro dos tricampeões da América com a torcida gremista, em Porto Alegre, a equipe principal do Grêmio recebeu o Cruzeiro-RS pela 5ª rodada do Campeonato Gaúcho. Na estreia dos titulares, mais uma derrota na competição, desta vez pelo placar mínimo na Arena – gol do atacante Kayron.

Renato Portaluppi, pela primeira vez à beira do gramado em 2018, escalou todos os titulares disponíveis, com a exceção de Ramiro, suspenso para as finais da Recopa Sul-Americana – Léo Moura foi o escolhido como substituto. Marcelo Grohe, Madson, Kannemann, Pedro Geromel e Bruno Cortez formaram o sistema defensivo. Jaílson, Maicon, Luan e Everton completaram o meio-campo, com Cícero mais à frente, atuando como “falso 9”.

Falta de ritmo e pouca efetividade

O cartão de visitas do sábado à noite ficou por conta do zagueiro Kannemann, que após cobrança de escanteio, cabeceou e carimbou a trave do Cruzeiro-RS, ainda nos instantes iniciais. Pelo lado esquerdo, Everton era quem se destacava ao participar da criação de jogadas, explorando a individualidade. Após belo “ganchinho”, deixou Luan livre na área adversária, mas o camisa 7, sem deixar a bola cair, finalizou em cima do goleiro. O próprio Luan, em seguida, cobrou falta com muito perigo, mas não conseguiu abrir o placar. Cícero também teve oportunidade pelo alto, no entanto, de “peixinho”, errou o tempo e mandou para fora. Os visitantes tiveram grande oportunidade para marcar antes do intervalo, depois da lambança de Pedro Geromel, quando a bola ficou limpa no pé do zagueiro João Guilherme, que chegou a acertar a trave de Marcelo Grohe.

Se o Cruzeiro-RS não conseguiu marcar na primeira etapa, logo na volta do intervalo teve a oportunidade com a penalidade assinalada pelo árbitro – Madson puxou e derrubou o adversário na área. Kayron foi para a cobrança e não desperdiçou. A reação de Portaluppi foi imediata, tirando o lateral – que cometera o segundo pênalti na temporada – e colocando Jael, para alegria dos 13 mil torcedores presentes. O comandante tricolor, inclusive, promoveu outras duas alterações com as entradas de Alisson e Lima nas vagas de Maicon e Cícero, respectivamente.

Na bola parada, mais uma vez, o Grêmio quase empatou a partida. Kannemann desviou a bola na primeira trave e Geromel, livre, chutou em cima do goleiro Deivity. Everton seguiu tentando através das jogadas individuais pela ponta esquerda, mas a equipe continuou pecando no último toque. Mesmo com a derrota, os jogadores saíram aplaudidos do gramado.

O Grêmio segue sem vencer no Campeonato Gaúcho, com 1 ponto em 5 partidas disputadas. Na próxima quarta-feira, recebe o Brasil de Pelotas, pela 6ª rodada da competição, a partir das 21h45.

Comentários