Empresário quer pedido de desculpas a Ferreira para voltar a tratar de contrato com o Grêmio

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Em vias de tentativa de uma resolução, o caso Ferreira e Grêmio passa a ganhar um novo episódio. Mediante a tentativa de aproximação do Grêmio, o empresário do jogador se mostrou disposto pela suspensão do processo que tramita na Justiça do Trabalho, pedida do clube, mas com a exigência de um pedido de desculpas ao atleta.

Conforme já trouxe a Rádio Grenal, recentemente, o Grêmio, acreditando ainda na possibilidade de renovação, tentou restabelecer o contato para a resolução do caso, mediante a suspensão do contrato. Com vínculo até a metade de 2021, o clube tenta a investida antevendo que o atleta possa deixar Porto Alegre à custo zero. Ferreira já desperta o interesse de outros times.

Antes da parada, Ferreira tentou rescindir seu contrato. Uma das alegações foi pela medida do atacante ser afastado dos treinos do time principal. A situação ocorreu em decorrência do impasse na situação de renovação contratual.

O empresário do atleta Pablo Bueno se mostrou disposto pela possibilidade de interrupção do processo, mas ao condicionante que haja um pedido de desculpa especialmente de três dirigentes do clube a Ferreira. Os nomes não foram revelados.

Com o pedido indeferido da Justiça do Trabalho, Ferreira segue com o contrato com o Grêmio, não podendo se transferir para outro clube até a próxima fase do processo, ainda sem data para ocorrer, em virtude do cenário de pandemia da Covid-19.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio se manifesta sobre episódio de Renato Portaluppi em praia do Rio de Janeiro
Guerrero destaca importância de treinos e segurança com protocolos no CT do Inter
Deixe seu comentário