Em um jogo de seis gols, Grêmio e Chapecoense empataram em 3 a 3 pelo Brasileirão

Em um jogão com seis gols marcados, Grêmio e Chapecoense empataram em 3 a 3, no encerramento da 13ª rodada do Brasileirão, na noite desta segunda-feira (5), em Porto Alegre. Os gols gremistas foram marcados por Geromel, Everton e Diego Tardelli. Já o time catarinense anotou os seus com Everaldo, Gustavo Campanharo e Arthur Gomes.

O Tricolor começou seu jogo como de costume, priorizando a posse de bola. O primeiro lance com perigo veio aos quatro minutos, com Everton. Ele soltou a bomba e o goleiro adversário fez grande defesa. Aos oito minutos, após cobrança de escanteio de Alisson, Geromel cabeceou e marcou.

A euforia gremista não durou muito, já que aos 11 a Chape emparou com um golaço. Após passar por Kannemann, Everaldo driblou Geromel e chutou sem chance de defesa para Paulo Victor. Após o lance, o Grêmio se desconcentrou, mas tentava se estabelecer novamente e construir boas jogadas.

Foi o que aconteceu. Everton arriscou de longe e marcou aos 25 minutos, sem chances para Tiepo. Mas novamente, após falha da zaga gremista, a Chapecoense voltou a empatar. Camilo cobrou escanteio e Gustavo Campanharo, subiu mais alto que Leonardo para deixar tudo igual.

A equipe catarinense estava conseguindo superar com facilidade a zaga gremista. Aos 37 minutos, quase mais um gol. Após erro de Maicon, Camilo saiu em velocidade e acionou Arthur Gomes. O camisa 27 chutou cruzado, mas a bola foi para fora.

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram sem modificação. A Chapecoense conseguia trocar mais passes do que no primeiro tempo, mas o Tricolor mantinha a posse de bola. Vontade ao time da casa não faltava, mas os pequenos desajustes deixaram Renato Portaluppi irritado na beira do campo. Irritação essa, que aumentou ao ver a Chape marcar pela terceira vez. Aos 14 minutos, em outro erro da defesa gremista, Arthur Gomes aproveitou o cochilo de Kannemann e mandou para o fundo das redes de Paulo Victor.

Após o gol, Renato fez a primeira modificação da noite. Tirou Alisson e colocou Pepê. O Tricolor continuou tentando, mas sem sucesso. O técnico gremista modificou seu time mais uma vez: Luan e Diego Tardelli entraram nas vagas de Cortez e Jean Pyerre.

As mudanças surtiram efeito, e aos 35 minutos, Luan cobrou falta na cabeça de Tardelli, que marcou. Já nos momentos finais da partida, só dava Grêmio. Em um lance de ataque, o árbitro chegou a marcar pênalti em Kannemann, mas, ao consultar o VAR (árbitro de vídeo), ele voltou atrás na marcação.

Com o empate, o Tricolor chegou aos 17 pontos, e está na 13ª colocação da na tabela de classificação. A próxima partida também é pelo Campeonato Brasileiro, no sábado (10), contra o Flamengo, no Maracanã.

Ficha técnica

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez (Luan); Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Diego Tardelli) e Éverton; André. Técnico: Renato Portaluppi.

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto (Amaral), Gustavo Campanharo (Tharlis) e Camilo; Arthur Gomes (Renato Kayzer) e Everaldo. Técnico: Emerson Cris.

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima (MG), auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer (ambos de MG).

VAR (árbitro de vídeo): Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Após empate, Renato avalia equipe e admite falta de concentração
Fique bem-informado antes de sair de casa; confira cinco principais notícias desta terça
Deixe seu comentário