Em seu último jogo em casa neste ano, o Inter busca a reabilitação contra o Fluminense

Com uma ótima campanha dentro de casa nesta temporada (apenas duas derrotas), neste domingo o Inter se despede de sua torcida no estádio Beira-Rio. O adversário da vez é o Fluminense, às 19h, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, e uma vitória é essencial para que o Colorado, em terceiro lugar na tabela (65 pontos), garanta a classificação direta para a fase de grupos da Copa Libertadores do ano que vem.

A preparação do Saci para o confronto chegou ao fim na manhã desse sábado, em um treinamento com portões fechados à imprensa. O técnico Odair Hellmann optou por um trabalho privado para definir o time que entrará em campo e ajustar os detalhes da equipe.

Para este confronto, ele não poderá contar com o lateral Zeca (contundido) o atacantes Leandro Damião (lesionado) e Wellington Silva, por questão contratual – ele mantém vínculo com o Flu. Já o zagueiro Rodrigo Moledo está de volta, após suspensão automática por cartão vermelho.

Jonatan Alvez

Após o treino, o atacante uruguaio Jonatan Alvez concedeu entrevista coletiva no centro de treinamento do Parque Gigante e projetou a partida, na qual poderá começar entre os titulares, no lugar de Leandro Damião (o outro cotado é Willim Pottker).

“Temos que encerrar bem a nossa participação em casa”, frisou o camisa 86 do Inter. “Dentro do Beira-Rio, precisamos conquistar os três pontos e, se eu tiver a oportunidade, vou aproveitar ao máximo para fechar o ano da melhor maneira possível.”

E o atleta tem razão. Em 2018, foram 26 jogos do Colorado como mandante: 20 vitórias, quatro empates e duas derrotas, o que dá um aproveitamento superior a 82%, o melhor dentre todos os clubes da série A na temporada.

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

O Grêmio encara o Vitória-BA fora de casa, neste domingo, em jogo para se manter no G4 do Brasileirão
O Grêmio enfrenta o Vitória em Salvador pelo Brasileirão
Deixe seu comentário