Em processo de recuperação, Rodrigo Dourado e Peglow seguem tratamento em casa

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

O período sem bola rolando também pode ser visto de forma positiva para os atletas que estão no departamento médico. No caso do Inter, dois jogadores ainda estão em recuperação e geram expectativa pelo retorno no reinício das competições.

Mesmo no período de férias, Rodrigo Dourado e João Peglow seguem realizando o tratamento, na medida do possível, em suas casas. Peglow é o caso ‘mais leve’. O jogador sofreu uma fissura por estresse em uma das vértebras da coluna lombar, ainda no final de janeiro. O jovem já apresentou evolução ao tratamento e já tem realizado exercícios físicos.

O caso de Rodrigo Dourado ainda gera indefinição. O então capitão colorado teve sua última partida no dia 10 de julho, na partida contra o Palmeiras, ainda pela Copa do Brasil. Desde então, não atuou mais em virtude de um problema no joelho esquerdo.

Durante este período, o volante precisou passar por duas artroscopias no joelho esquerdo, em 2019, após ser diagnosticado com edema ósseo. A primeira ocorreu em maio, ainda antes da parada para a Copa América. Posteriormente, em outubro, o procedimento precisou ser realizado novamente.

Neste ano, o clube, por meio do médico Carlos Poisl, prestou esclarecimentos sobre a situação do volante. Ainda com resquícios de um problema sério no joelho, o camisa 13 é esperado em campo já em abril, mas, na ocasião, o departamento médico do Inter chegou a pontar que existia a possibilidade de um retorno ainda mais precoce.

Com a paralisação das atividades em virtude da Covid-19, Dourado tem seguido o tratamento em casa. Segundo a assessoria do Inter, o jogador tem seguido o tratamento médico com a atividades de reforço muscular. No entanto, não há um prazo oficial para o retorno.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Dupla Grenal se une em campanha por leitos de UTI para o tratamento da Covid-19
Estádio Beira-Rio completa 51 anos
Deixe seu comentário