Em noite para esquecer, Grêmio vai mal e perde para a Universidad Católica por 2 a 0

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

O Grêmio foi até o Chile encarar o Universidad Católica pela Libertadores após seis meses de paralisação, mas para a torcida o retorno não foi nada bom. Os gremistas viram um Grêmio irreconhecível em campo, sem criação e muito perdido em campo. O placar final terminou em 2 a 0, mas muitas perdas aconteceram: Geromel saiu lesionado e David Braz expulso. Quem se aproveitou foi a equipe chilena que somou os primeiros pontos na competição.

Na escalação, Renato Portaluppi teve nove desfalques para a partida e escalou um Grêmio com novidades. Darlan, Isaque e Luiz Fernando estreiam na competição. Kannemann, por lesão, ficou de fora e David Braz é o titular. Foi a Católica que iniciou a partida atacando. Primeiro, a bola foi para escanteio e depois Vanderlei ficou com ela. Aos três minutos foi a vez do Grêmio criar, Luiz Fernando, de dentro da área, chuta para fora, mas o árbitro marcou impedimento.

O ponteiro marcava 15 minutos e o jogo se caracterizava pela posse de bola de ambas as equipes, sem grandes oportunidades de gol. Nesse momento a Católica chegou ao gol gremista com Huerta ele chutou, mas Vanderlei fez a defesa em dois tempos. Jogando longe de casa, o Grêmio buscava marcar mais para depois sair pro jogo. Aos 22, o tricolor ainda não somava nenhuma finalização.

A equipe chilena se aproveitava e aos 29 parou na trave! Fuenzalida soltou uma bomba, a bola tocou em Vanderlei, depois na trave e saiu. Na sequência, o arqueiro gremista saiu mal após um cruzamento e a bola pasosu por todo mundo até sair. Aos 39 foi a vez de Vanderlei brilhar, e muito! Em erro de Geromel, Puch rouba a bola e passa para Zampedri que, livre, perde o gol na cara do goleiro. Após o lance, Geromel sentiu e foi substituído: Rodrigues entrou no seu lugar.

Após várias tentativas, o gol da Católica saiu aos 43 e veio em dose dupla! Primeiro Zampedri soltou a bomba e marcou, depois, no erro de Rodrigues, Pinares ficou sozinho com Vanderlei, deu um balãozinho e ampliou. Universidad Católica 2, Grêmio 0.

O tricolor iniciou a segunda etapa com as mesmas dificuldades da primeira. Levou seis minutos para Renato Portaluppi promover trocas: Ferreira e Robinho entraram no lugar de Isaque e Luiz Fernando. As chances mais claras continuavam sendo da equipe adversária. Aued, aos nove minutos, na entrada da área e de frente para o gol, bateu para fora.

Mesmo perdendo, a equipe de Renato Portaluppi tinha pouca posse de bola e via a Católica chegar com perigo. Aos 21, Aued bateu forte, no rebote, Zampedri tenta e Vanderlei e Cortez cortam. Para não dizer que o Grêmio não tentava, aos 23, Alisson ajeitou para trás e Diego Souza bateu, mas muito mal! 

Para piorar, David Braz foi expulso aos 40 minutos após levar o segundo amarelo. Irriconhecível, o tricolor não reagiu nos últimos minutos e a partida terminou assim: Universidad Católica 2, Grêmio 0. Mesmo com o resultado negativo, a equipe de Renato segue na vice-liderança do grupo E.

 

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Em noite movimentada, Inter garante a vitória em cima do América de Cali no apagar das luzes
Renato resume derrota contra Católica como “pior atuação deste ano” e justifica resultado com “falta de entrosamento”
Deixe seu comentário