Em noite movimentada, Inter garante a vitória em cima do América de Cali no apagar das luzes

(Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional)

A Copa Libertadores voltou! O Internacional entrou em campo, depois de seis meses, contra o América de Cali da Colômbia e viveu extremos em 90 minutos. Em um primeiro tempo perfeito, com gol saindo nos segundos e abrindo uma vantagem de dois gols, a segunda etapa foi o oposto: o colorado deixou o América de Cali empatar e conseguiu a vitória nos 45 minutos. Com a vitória sofrida, a equipe de Eduardo Coudet segue na liderança do grupo E.

Com um total de 11 desfalques por conta de lesões e suspensões, Chacho levou a campo um ataque com Abél Hernandez ao lado de Galhardo, também optou por Moledo ao lado de Zé Gabriel na zaga e Lindoso e Nonato como meias. As novidades vieram, inclusive, na lateral, Uendel iniciou como titular e aos 43 segundos de jogo fez um belo cruzamento que resultou em gol! Abél Hernández cabeceou e marcou seu primeiro com a camisa colorada.

A equipe chilena sentiu, partiu para cima do Inter e tentou levar perigo. Mas foi o colorado que voltou a assustar aos 11: após cobrança de escanteio, Lindoso, de frente parta o gol, cabeceou e mandou por cima da meta de Chaux. O time de Chacho continuou pressionando e o resultado foi mais um gol! Aos 18, Abél Hernández serviu Boschilia que chutou, o goleiro defendeu e no rebote o meia não desperdiçou. Internacional 2, América de Cali 0.

Em nenhum momento o América levou perigo ao gol de Lomba, mas aos 27, Vergara chutou cruzado sem chances para o goleiro colorado. O Inter não se intimidou e continuou buscando o gol. Aos 31 ele apareceu novamente e também saiu com Abél Hernãndez. Após escanteio, Lindoso cabeceou no poste e, no rebote, o centroavante marcou o terceiro do colorado. Após os 35, a partida deu uma acalmada, somente aos 41, o América de Cali tentou assustar, mas Saravia afastou o perigo.

Atrás no placar, a equipe chilena voltou para a segunda etapa tentando chegar ao ataque e, dessa vez, foram eles que marcaram nos primeiros minutos. Aos 3, Marlon Torres acertou o travessão e, no rebote, Adrián Ramos marcou e diminuiu. O América seguiu no ataque e quando o ponteiro marcava 14 minutos, Pérez chutou e Marcelo Lomba fez uma grande defesa.

Após marcar dois gols, Abél saiu para a entrada de Leandro Fernández. O atacante entrou e, aos 24, batou uma falta e a bola quase entrou! Chaux fez boa defesa. A partir daí, foi o colorado que passou a pressionar mais, contabilizava faltas e escanteios, mas foi novamente os chilenos que marcaram. Aos 32, Moreno aproveitou a falha da defesa e deslocou de Marcelo Lomba, deixando tudo igual no Beira-Rio.

Aos 38 foi a vez do Inter assutar: Fernández recebeu na área e chutou, mas Chaux fez uma grande defesa. Aos 40, foi a vez do América de Cali tentar. Carrascal chutou e Lomba que brilhou. Mas no acabar das luzes o colorado conseguiu a vitória. Novamente Boschilia marcou e colocou o Inter na frente. Final de jogo suado, Inter 4, América 3.

 

 

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Como chega o Grêmio para enfrentar a Universidad Católica
Em noite para esquecer, Grêmio vai mal e perde para a Universidad Católica por 2 a 0
Deixe seu comentário