Em início de trabalho, números mostram solidez defensiva do Grêmio de Felipão

Com menos de 10 dias a frente da casamata tricolor, Felipão vem conseguindo ajustar uma das grandes debilidades do Grêmio na temporada

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

São menos de 10 dias com Felipão a frente do Grêmio. Porém, o técnico multicampeão sem sua quarta passagem no tricolor, com apenas dois jogos na casamata gremista atingiu números consistentes na defesa do time gaúcho. Grande deficiência na temporada, o setor vinha sendo alvo de críticas pelas brechas defensivas.

Porém, Luiz Felipe Scolari, em duas partidas não levou nenhum gol. O empate em 0 a 0 diante do Inter, e a vitória sobre a LDU por 1 a 0, no Equador, evidenciaram algo que não ocorria há mais de um mês: ficar dois jogos sem levar gols. O fato ocorreu quando o tricolor venceu o Brasiliense na ida por 2 a 0, e empatou na volta sem gols, em partidas válidas pela terceira fase da Copa do Brasil. Na ocasião, Tiago Nunes estava na casamata

Anteriormente a Felipão, o Grêmio havia não levado gol apenas em uma partidas, das últimas sete, quando empatou com o Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro. Foram nove gols na sequência. Porém, o time gremista ainda precisa conter as finalizações dos times adversários. Diante do Inter, o colorado realizou 16 chutes, sendo oito em direção ao gol. Contra a LDU, os equatorianos concluiram 18 vezes, e cinco ao gol.

Sobre a solidez defensiva, Felipão entende que a defesa estava muito exposta. Foi trabalhado, assim como a parte psicológica: “Já afirmei mais de uma vez que bós não trabalhamos apenas taticamente, pois não tem tempo. Os aspectos psicológicos foram trabalhados as possibilidades para que a nossa defesa tivesse um pouco mais de proteção. É trabalhar muito para estar em um nível para não correr tantos riscos como corremos hoje. É uma questão de trabalho”, completou.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Busnello admite negócio por Vinicius Tobias e convoca torcida para ajudar na construção do CT de Guaíba
Inter e Olimpia não saem do zero no primeiro jogo das oitavas da Libertadores
Deixe seu comentário