Em entrevista exclusiva, presidente do Santos responde criticas sobre a contratação de Robinho: “Dor de cotovelo”

Foto: (Divulgação/ Santos FC)

A volta de Robinho ao Santos gerou, como se esperava, muita repercussão. Contudo, não somente de forma positiva. De volta ao Peixe em sua quarta passagem, a contratação do atacante foi amplamente criticada nas redes sociais em virtude do processo sofrido pelo jogador  por violência sexual na Itália.

Em entrevista exclusiva à Rádio Grenal, o presidente em exercício do clube, Orlando Rollo, no entanto, tratou de minimizar as criticas: “Nós vamos continuar fazendo campanha de violência contra mulher, nós somos contra qualquer tipo de violência. O pessoal que critica a contratação do Robinho são torcedores do São Paulo, do Corinthians e do Palmeiras que estão com dor de cotovelo.”

Anunciado no último sábado pelo Santos, Robinho foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão, mas recorreu da decisão. Caso não consiga mudar a decisão, ainda tem uma terceira possibilidade.  Mas, não há prazo para os novos julgamentos. O caso é de 2017, quando, na época atuando pelo Atlético-MG. A acusação é de um caso ocorrido numa boate em Milão em de janeiro de 2013, quando o jogador estava na terceira de suas quatro temporadas no Milan. O crime teria acontecido em conjunto com outros cinco homens, e a mulher seria de origem albanesa.

Veja outras declarações de Orlando Rollo:

Negociação envolvendo Thaciano, do Grêmio

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

Tribunal Superior do Trabalho aceita recurso da CBF e confirma realização de Palmeiras x Flamengo
Robinho e Santos anunciam suspensão de contrato
Deixe seu comentário