Felipão vê evolução no time do Grêmio: ”Já não somos o vigésimo, somos o décimo novo”

Treinador disse estar feliz com o que viu de seu grupo na partida

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após a vitória gremista, diante do Fluminense, fora de casa, no último sábado (17),o técnico Luiz Felipe Scolari conversou com a imprensa por meio de entrevista coletiva. O treinador citou ter visto diversos fatores positivos no tricolor, mas com ressalvas: ”Estamos reconstruindo.”

‘É uma equipe solidária, em que todos participam. Todos são o máximo para conseguir os resultados. Estão se empenhando de uma forma espetacular. Só o tempo vai nos ajudar, nos dar condições de ter mais tranquilidade, ser uma equipe que não sofre tanto. Mas fico feliz com o resultado, pois precisavamos dar o primeiro passo. Estamos mostrando algo que torcida queria ver”. 

O Grêmio vem mostrado certa necessidade de sofrer para conseguir os resultado nas primeiras partidas sob comando de Felipão. Perguntado se isso seria uma nova característica de seu trabalho, o técnico discordou: ”Se pegarem o campeonato em 2018, o Palmeiras teve o maior índice de ataque entre todos os times. Hoje eu preciso reconstruir esta equipe do Grêmio, tenho um equipe que, se bem posicionada, díficilmente leva um gol. Então eu preciso começar por trás, para depois chegar em um ponto lá na frente que me satisfaz.”

Perguntado, o técnico ainda respondeu sobre seu time titular, principalmente em relação a disputa de Rafinha e Vanderson pela lateral direita: ”Eu não tenho titular. Eu tenho jogos onde programo situações, e vejo o que pode acontecer. Já tenho situações programadas para o jogo contra o Vitória. É uma série de coisas com os atletas que tenho que estar ao par, para ver como se comportam no dia-à-dia. Rafinha não é titular, e nem o Vanderson é titular. Por que em determinada situação, eu posso utilizar três zagueiros. Não tenho titulares absolutos.” 

Felipão ainda conversou sobre Diego Souza, que vive má fase no ataque tricolor: ”Ele foi um protagonista na equipe fazendo aquilo que precisava fazer. Tem um posicionamento que às vezes sacrifica a condição dele, para dar condições aos nossos meias, à nossa defesa de não sofrer tanto. Ele está sendo muito útil, e sabe que eu conto com ele. Aos poucos, as chances podem acontecer, e ele fará os gols necessários para nossas vitórias.”

Agora, o time do Grêmio se prepara para o confronto decisivo diante da LDU, na próxima terça-feira (20), pela Copa Sul-Americana, na Arena. O tricolor venceu a partida da ida por 1 a 0, e tem a vantagem jogando em casa. 

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Contraprova dá negativo, e Brenno está liberado para reintegrar Seleção Olímpica
Grêmio e Inter não venciam juntos na mesma rodada do Brasileirão há mais de seis meses
Deixe seu comentário