Em coletiva, Diego Cerri banca permanência de Tiago Nunes: “Não passa pelas discussões”

O executivo de futebol falou em nome da direção gremista após o empate diante do Fortaleza em 0 a 0

Foto: Reprodução / Grêmio FBPA

Após o empate em 0 a 0 diante do Fortaleza nesse domingo (27), o Grêmio continuou na lanterna do Campeonato Brasileiro. Último colocado somando apenas dois pontos em cinco partidas disputadas, o executivo de futebol Diego Cerri, garantiu em entrevista coletiva a permanência do técnico Tiago Nunes independente do péssimo início no Campeonato Brasileiro.

O dirigente frizou que o clube gaúcho vem fazendo um trabalho interno para recuperar as vitórias e os bons resultados. “Não existe outro jeito de trabalhar se não manter o equilíbrio, o foco e o esforço na mais alta intensidade”. Ainda, Cerri reiterou que sua presença na coletiva não era para dar desculpas ao torcedor tricolor e que a posição onde o Grêmio se encontra não era para estar. “Os resultados vão começar a aparecer e a confiança vai voltar”, prometeu o executivo.

Questionado acerca de uma possível instabilidade no trabalho de Tiago Nunes no Grêmio, Diego Cerri retirou qualquer possibilidade: “Eu não vou nem abordar esse tema. Esse tema não passa pelas discussões que a gente tem”. O dirigente comentou estar em débito com  a torcida e que pelo trabalho e a organização interna do tricolor, os resultados já deveriam ter aparecido.

Além disso, Cerri falou a prospecção de jovens ao time titular gremista: “Não tem como lançar todos ao mesmo tempo, com características parecidas. Tem que ter uma mescla, o grupo do Grêmio tem muitos garatos e jogadores com experiência”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Após empate, Aguirre questiona calendário brasileiro: “É difícil manter o ritmo”
ENQUETE: Você acha que está chegando ao fim o ciclo da dupla Kannemann e Geromel?
Deixe seu comentário