Edenilson exalta vontade de conquistar a Copa do Brasil: “Se conquistarmos, será a glória”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

*Por Bárbara Assmann

 

Por mérito, o Internacional chegou à final da Copa do Brasil após quase uma década sem conseguir atingir essa etapa do campeonato. Jogadores, comissão técnica e toda a torcida Colorada estão ansiosos pelo dia 18 de setembro: data em que será disputada a final no estádio Beira-Rio. Mas, antes, nesta quarta-feira (11), acontece o primeiro jogo da grande final na Arena da Baixada, em Curitiba.

O volante do Inter, Edenilson, falou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (09), sobre suas expectativas para o jogo contra o Atlhetico-PR, e ressaltou o mérito das duas equipes em chegar à final do campeonato. “Tanto nós, quanto o Athletico, passamos por grandes adversários. Com certeza serão dois grandes jogos”, disse.

O desejo por títulos aumenta, já que a equipe do técnico Odair Hellmann volta a decidir uma competição, que não seja o Gauchão, depois de nove anos. O volante colorado destacou a continuidade do grupo – que vem desde o rebaixamento – e falou da qualidade dos jogadores. “A gente sempre falou em continuidade. Cheguei aqui em março de 2017 e a base desse grupo foi quase sempre ficando. É um grupo de qualidade, que foi montado à dedo pela direção”, destacou.

Se conquistado, Edenilson reconhece que o título será uma glória para todos. “Se conquistarmos vai ser a glória não só para mim, para equipe, mas para toda torcida colorada, que está muito tempo sem ganhar este título”, comentou.

Ele ainda mencionou a dificuldade de chegar à final, já que grandes nomes do futebol brasileiro não conseguiram chegar. “Ficou o aprendizado da Libertadores. Grande parte da desclassificação foi resultado do primeiro jogo”, menciona. Para este jogo, a torcida colorada estará presente em peso e esgotou todos os ingressos disponíveis.

 

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Comentários

>