Diretor jurídico do Grêmio fala sobre solicitações feitas à CFB antes do pedido de anulação da partida contra o São Paulo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio enviou nesta segunda-feira (19), um ofício juntamente à CBF solicitando algumas informações a cerca de acontecimentos que entende terem sido cruciais para as decisões da arbitragem dentro de campo, no empate em 0 a 0 com o São Paulo no último sábado (17). Logo após a partida, houve manifestação do vice de futebol Paulo Luz, criticando duramente as decisões do arbitro de campo e do VAR, e no domingo (18), um dia após a partida, o presidente Romildo Bolzan Jr. declarou que o Grêmio entraria com o pedido de anulação da partida.

Porém, para embasar o pedido de anulação do jogo, o tricolor solicitou outras informações que entende ser necessárias para entender o acontecimento. O Diretor Jurídico do Grêmio, Leonardo Lamachia, em entrevista à reportagem da Rádio Grenal, explicou: “O Grêmio encaminhou à CFB um ofício onde solicita informações a cerca da reunião havida entre São Paulo e a comissão de arbitragem da CBF antes de o jogo ter sido realizado. Reunião esta que, de uma forma muito estranha, culminou na troca da equipe de arbitragem do jogo. Além disso, o Grêmio solicita neste ofício que sejam disponibilizados, com base no princípio da transparência, os áudios do árbitro do VAR e o do arbitro da equipe de campo“.

A reunião entre a diretoria do tricolor paulista e a arbitragem, a que Lamachia se refere, aconteceu na última semana, dias antes da partida contra o Grêmio. O São Paulo se manifestou contrário aos erros de arbitragem no confronto contra o Atlético-MG, disputado dia 3 de setembro, no Mineirão, pela sétima rodada Campeonato Brasileiro. O time perdeu por 3 a 0 e alega que houve erro de direito na anulação do gol de Luciano pelo VAR. Após a reunião, a equipe de arbitragem para a partida contra o Grêmio foi alterada.

“O Grêmio além de outras providências que contam neste ofício, manifestou sua absoluta indignação com os fatos ocorridos nesta partida, onde teve seus direitos absolutamente violados e onde erros vergonhosos interferiram no resultado da partida”, finalizou Lamachia. Resta agora aguardar a resposta da CBF em relação aos pedidos.

Problemas para a CBF

Se o Grêmio ainda não entrou com o pedido efetivo de anulação da partida, por outro lado, o São Paulo resolveu, nesta segunda-feira (19), pedir a anulação do jogo contra o Atlético-MG.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grupo gremista inicia semana de treinamentos visando a Libertadores
Com Diego Souza de volta e dúvidas no ataque, Grêmio encara o América de Cali nesta quinta-feira
Deixe seu comentário