Direção do Grêmio rechaça interesse pelo lateral Jorge

Foto: (Ivan Storti/Santos)

Com a saída antecipada de Caio Henrique, gerou-se especulações sobre a nova reposição para a lateral-esquerda do Grêmio. Mas uma das alternativas que foi ventilada está descartada pela direção do tricolor: Jorge, que está no Mônaco.

A posição foi revelada pelo vice-presidente do tricolor Cláudio Oderich, em entrevista à Rádio Grenal: “Especulação completamente sem fundamento. Mais uma invenção”, classificou o dirigente.

Revelado pelo Flamengo, Jorge defendeu o Santos de Jorge Sampaoli, no ano passado. Atuou em 35 partidas, marcou dois gols. O bom desempenho resultou em convocação para a Seleção Brasileira. Atualmente, está no Mônaco, onde tem contrato até o final de junho de 2021.

Com a crise em meio à paralisação do futebol, a busca por um nome no mercado se mostra como um cenário distante. Com a saída de Caio Henrique, Bruno Cortez, então titular da posição, passa a ser a única peça do elenco profissional. Mas a posição deverá ganhar o incremento de reforços da base e a solução para a lateral-esquerda pode estar “em casa”. Guilherme Guedes é o principal candidato.

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Vice-presidente do Grêmio sobre negociação com Ferreira: “Esperamos que as partes que estão negociando tenham bom senso”
Em vídeo, Víctor Cuesta revela rotina de casa até os treinos durante a pandemia
Deixe seu comentário