Diego Souza marca gol da vitória sobre São Paulo e supera marcas na carreira

Jogador chegou ao seu 22º gol na temporada

Foto: Divulgação/ Grêmio FBPA

O gol de Diego Souza aos 17 minutos do segundo tempo da partida contra o São Paulo, nesta quarta-feira (24), foi importante não só por ter sido o gol da vitória em cima do tricolor paulista em uma semifinal da Copa do Brasil. Foi importante também porque fez o camisa 29 alcançar suas melhores marcas na carreira.

Contra o São Paulo, o centroavante marcou seu 22º gol na temporada, superando sua melhor marca na temporada de 2017, pelo Sport. Jamais Diego Souza marcou tantos gols em um ano. Aliás, anos esse que ainda não acabou. As competições de 2020, seguirão até o final de fevereiro de 2021.

Três anos atrás, com a camisa do Leão da Ilha, o jogador marcou 21 gols, sendo algo inédito na sua carreira. Neste ano, superou esses números. Foram quatro gols pela Copa do Brasil, dois pela Libertadores, nove pelo Gauchão e sete pelo Brasileirão. Artilheiro disparado da equipe, os 22 gols anotados foram em 43 jogos. Uma média de 0,51 gol por partida. Ou seja, a cada dois jogos, o camisa 29 balança as redes. Além do protagonismo na hora de marcar gols, Diego Souza também é o garçom da equipe tricolor, com oito assistências no ano.

Na saída de campo da partida contra o São Paulo, o centroavante falou sobre o gol: “Ali é oportunismo. Uma jogada do Ferreira muito bem trabalhada, a gente preencheu bem a área, tive a felicidade de fazer o gol. Mas para jogar contra o São Paulo tem que ser assim, tem que marcar forte, pressionar, fechar o meio. O São Paulo é uma equipe muito bem treinada”.

O tricolor entra em campo neste domingo (27), às 20h30, na Arena, pela 27ª rodada do Brasileirão, para encarar o Atlético-GO. Diego Souza deve ser poupado, já pensando no jogo de volta contra o São Paulo, na quarta-feira (30), às 21h30, no Morumbi, valendo vaga na final da Copa do Brasil.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Renato fala sobre estratégia usada contra São Paulo e valoriza vitória: “Pequena vantagem, mas nós temos a vantagem”
Geromel é substituído com dores e preocupa para a partida de volta contra o São Paulo
Deixe seu comentário