Derrota para o Goiás gera protestos da torcida do Inter e rebate as críticas dos jogadores

Time foi derrotado por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio

Foto: (Rádio Grenal)

A derrota para o Goiás, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, gerou ainda mais insatisfação entre os torcedores do Inter, que protestaram após o fim de jogo no Beira-Rio. As primeiras manifestações ocorreram no entorno do estádio, próximo ao portão 6, onde foi montada uma barreira com gradis para que o público não tivesse acesso ao local mais próximo da saída dos jogadores. Mas parte dos torcedores seguiram até a zona de estacionamento, quando tiveram contato com os atletas.

No estacionamento, ocorreram manifestações mais fortes dos torcedores. Durante a passagem até os carros, o lateral Bruno e Rithely tentaram responder as críticas e os ânimos se exaltaram. O volante, inclusive, precisou ser contido por seguranças, que o impediram de descer do seu veículo, (veja o vídeo abaixo).

Em meio às criticas, alguns jogadores foram saudados pela torcida. Como o caso de D’Alessandro, Nonato, Sarrafiore e Rodrigo Moledo, que foi aplaudido e teve o gritado durante a passagem pelo estacionamento.

Com o revés dentro de casa, o Inter ficou com 51 pontos, tornando a missão ainda mais difícil na busca por uma vaga direta na Libertadores 2020, que fica cada vez mais distante. O time volta a entrar em campo no sábado (30), quando enfrenta o Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Em casa, Inter perde para o Goiás por 2 a 1 no Brasileirão
Inter fala em afastar “fantasmas” e abre prioridade para tratar o emocional e lidar com ‘ansiedade’ por vaga na Libertadores
Deixe seu comentário