Departamento de futebol do Grêmio admite busca por zagueiro levando em conta uma possível saída de Kannemann


Por: Valéria Possamai,

Frente à busca por um reforço para a zaga, o Grêmio mantém cautela na contratação de um novo zagueiro. Além da necessidade de compor grupo, este novo nome é garimpado também para suprir uma eventual saída de um defensor do time: Walter Kannemann. Foi o que admitiu o vice de futebol do Grêmio, Duda Kroeff, em entrevista coletiva após a derrota para o Santos, na estreia do Campeonato Brasileiro. 

“A procura do zagueiro tem bastante a ver com isso. Não tem nenhuma sinalização, não chegou nada pelo Kannemann, mas a gente sabe que ele deve jogar a Copa América. Pode fazer uma super Copa América e chamar atenção. É um jogador que já teve sondagens. Essa busca de zagueiro tem haver com isso. Esse jogador que vier, pode chegar para suprir a ausência de alguém”, declarou o dirigente gremista.

Vale lembrar, que o argentino há tempos  vem despertando interesse de outros clubes. Em agosto do ano passado, como repercutiu a Rádio Grenal, o time Cagliari, da Itália, apresentou duas propostas para o ter zagueiro, em menos de duas semanas. O argentino tem contrato com o tricolor até 2022.

Em meio a especulações de nomes, como o de Gil, que já teve o interesse confirmado pelo técnico Renato Portaluppi, o departamento de futebol mantém critérios quanto ao monitoramento de novos zagueiros, para obter sucesso no negócio. “Quando eu digo melhor negócio para o Grêmio, tem alguns critérios. O principal é jogador, que resposta ele nos vai dar. Claro que tem haver com a questão financeira, às vezes não é o mais barato, é a forma de pagar. Não tem nada muito adiantado, fazemos as coisas com calma para não errar.”

 

 

Comentários