Defesa gremista falha pelo alto e sofre a virada para o Caxias


Por: Diogo Rossi, Jornalista, radialista e Repórter na @rdgrenal

Na primeira oportunidade jogando diante do torcedor gremista na Arena, em 2018, o atual campeão da América manteve o projeto de utilizar a equipe de transição no Campeonato Gaúcho. Após um empate com gosto de derrota na estreia, contra o São Luiz, a garotada tricolor perdeu para o Caxias por 5×3, de virada. A boa notícia da partida: o sistema ofensivo. A má: o defensivo.

O comandante César Bueno manteve a base da equipe que iniciou a competição estadual, contando com a ausência do suspenso Paulo Miranda e a estreia do lateral-direito Madson. Bruno Grassi, Ruan, Mendonça e Guilherme Guedes completaram a linha de defesa. Balbino, Matheus Henrique, Pepê, Lima e Jean Pyerre formaram o meio-campo, com Isaque no comando do ataque.

Tempos distintos para os comandados de César Bueno

Sob os olhares de Renato Portaluppi e Alexandre Mendes, o Grêmio protagonizou intensa movimentação ofensiva na primeira etapa – por sinal, os 45 minutos iniciais tiveram 5 bolas na rede. Logo no começo, em bela jogada pelo lado direito, Jean Pyerre finalizou rasteiro, o goleiro Gledson espalmou e, no rebote, Isaque abriu o placar. A resposta grená veio no lance seguinte, evidenciando as dificuldades da defesa tricolor na bola área. Diego Miranda cobrou falta na área e Nícolas, de cabeça, desviou para o fundo das redes.

Em lance semelhante à estreia, Matheus Henrique aproveitou sobre de bola na área adversária, após furada de Lima, para recolocar o Grêmio à frente no marcador. Na sequência, o ataque gremista protagonizou espetacular trama, quando Isaque, com um belo passe, rasgou a defesa adversária e deixou Pepê livre, que só rolou para Jean Pyerre ampliar a vantagem. Ainda antes do intervalo, Julinho fez o levantamento na área de Bruno Grassi, e, Laércio, de cabeça, diminuiu.

Com outra postura na etapa final, o Grêmio viu o árbitro marcar pênalti depois que o estreante Madson cabeceou a bola contra a própria mão. João Paulo, atacante do Caxias, cobrou no canto esquerdo de Grassi e empatou. Além do ex-Vasco, Alisson também recebeu a oportunidade de debutar, ingressando na vaga do jovem Isaque. No entanto, os adversários, novamente pelo alto, conseguiram virar a partida. Depois do cruzamento pela direita, Laércio desviou de coxa e marcou, mesmo com Grassi defendendo e entrando com bola e tudo.

Bueno optou por colocar Patrick e Tilica nas vagas de Balbino e Pepê, na busca pela igualdade nos instantes finais. Mas, evidenciando uma tarde ruim para a defesa do Grêmio, Ruan foi desarmado dentro da própria área e viu Daniel Cruz chutar no cantinho para dar números finais ao confronto.

Comentários