Copa do Brasil: Inter perde para o América-MG por 1 a 0, no Beira-Rio

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Após uma semana de turbulências, o Inter recebeu o América-MG na sua casa, pelas quartas de final da Copa do Brasil, no Beira-Rio. No comando do técnico Abel Braga, o time não se modificou em relação ao de Eduardo Coudet, e o colorado ia em busca da sua segunda taça.

PRIMEIRO TEMPO

Os dois times começaram adaptando a troca de passes, para tentar conhecer o estilo de jogo de cada um. A zaga do Inter começou trocando passes enquanto time se reposicionava em campo. América tentava a todo custo abafar a saída.

Mas o Inter, mandante, começou tendo as melhores oportunidades. Os 7 minutos, Abel Hernández recebeu de Marcos Guilherme e disparou fora da área. A bola foi rasteira, mas sem direção. Tiro de meta para o América-MG.

Entretanto, não demorou para que abrisse o placar fosse o time visitante. Rodolfo abriu o placar no Beira-Rio! Bela jogada do ataque do Coelho. Geovane deu para Diego Ferreira na linha de fundo e o lateral cruzou na medida para Rodolfo testar com perfeição, no cantinho de Lomba.

A primeira etapa se manteve um tanto quanto tranquila durante boa parte, mas aos 30 minutos, Abel Hernández cruzou na área e Peglow dominou, tentou limpar mas chutou prensado. Galhardo pegou o rebote e ajeitou para Marcos Guilherme arriscar fora da área. Bola subiu demais.

Portanto, América conseguia sequência longa de troca de passes no meio de campo, tentando penetrar na defesa do Inter. Em função disso, não tiveram grandes chances no restante dos primeiros 45 minutos.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa já começou com perigo para o colorado, aos 4 minutos, uma bagunça na zaga. Ademir foi lançado livre e chutou por cima. A bola ficou viva e no rebote, Zé Gabriel conseguiu evitar o segundo gol do América, usando o corpo apoiado na trave.

Aos 14 mintuos, mais uma boa chance do Coelho, Rodolfo recebeu totalmente livre na cara de Marcelo Lomba e tentou a cavadinha. Goleiro do Inter salvou, mas o lance foi anulado, por impedimento do ataque do América.

O América conseguiu engrenar contra-ataque, aos 19 mintuos. Felipe Azevedo tentou a jogada individual e foi desarmado do lado direito. O Coelho recuperou a posse e acionou Ademir na outra ponta. O veloz atacante infiltrou e cruzou, mas sem ninguém dos mineiros na área. Lomba segurou firme.

Aos 21 minutos, Galhardo recebeu na armação e tento o toque para Abel Hernández, mas Messias antecipa e isola. A bola bate no árbitro e ele paralisa o jogo para dar bola no chão a favor do América.

O Inter possuia uma linha de cinco no ataque, com os dois laterais bem adiantados. Mas não conseguia criar. Batia na defesa do América e voltava todo o jogo até os zagueiros. A bola foi de um lado ao outro, sem perigo.

Aos 32′, belo cruzamento de Victor Cuesta no segundo poste. Thiago Galhardo, livre, livre, se jogou para cabecear. A bola passou muito perto!

Inter jogava a bola de um lado para o outro, mas seguia sem conseguir chegar na área, a não ser nos cruzamentos, ficando mais perigosos com o passar do tempo. América se segurava na defesa.

O segundo tempo se encerrou com a vitória do América.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter x América-MG: primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil
Abel reconhece má atuação diante do América e destaca: ”Faltou um pouco de intensidade.”
Deixe seu comentário