Com vitória sobre o Goiás, o Inter fica a 3 pontos do líder, São Paulo

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Inter segue imparável na caça ao São Paulo pela liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite domingo (10), no Beira-Rio, o Colorado recebeu o Goiás pela 29ª rodada e venceu por 1 a 0, com gol da joia de 18 anos Bruno Praxedes, que marcou seu primeiro gol como profissional. O triunfo manteve o time gaúcho na vice-liderança, agora com 53 pontos, três a menos do Tricolor paulista.

O Goiás chegou a empatar a partida, com o “He-Man” Rafael Moura, mas o lance foi analisado pelo VAR (árbitro de vídeo) e anulado.

A vitória é a 5ª seguida do time gaúcho no Brasileiro. A equipe tem como próximo adversário o Fortaleza, fora de casa, no próximo domingo (17).

Primeiro tempo

A primeira boa chegada do jogo foi aos 12 minutos. Thiago Galhardo abriu para Moisés, pela esquerda, o lateral recebeu, cruzou novamente para o atacante, que levou perigo no lado do Internacional.

No lance seguinte, o Goiás respondeu com Shaylon, que dominou a bola no peito próximo a área e arriscou finalização que também levou perigo.

O zero só saiu do placar no fim do 1º tempo. Aos 42 minutos, Rodinei cobrou escanteio na cabeça de Bruno Praxedes, que testou firme para o chão, com a bola dando um quique mortal antes de entrar na meta defendida por Tadeu.

O jovem meio-campista do Internacional anotou o seu primeiro gol com a camisa colorada e também como jogador profissional.

Aos 45 minutos, Rafael Moura até chegou a deixar tudo igual no Beira-Rio, estufando as redes, mas o árbitro anulou o gol por impedimento, confirmado pelo VAR.

No fim da etapa inicial, preocupação para o Colorado. Galhardo caiu no gramado após sentir dores no tornozelo esquerdo e precisou de atendimento. No intervalo, o uruguaio Abel Hernández entrou no lugar do atacante, que acompanhou o 2º tempo do banco de reservas.

Segundo tempo

No início do 2º tempo, mais uma preocupação para o Inter, que viu Praxedes, autor do gol, cair no gramado. Depois, ficou tudo bem com o volante, que voltou ao jogo.

O primeiro lance de perigo só aconteceu aos 23 minutos. Praxedes recebeu na área de Patrick e por pouco não marcou o seu segundo gol no jogo.

Aos 29, Fernandão invadiu a área e chutou rasteiro em direção ao goleiro Marcelo Lomba, que defendeu a finalização do atacante do Goiás.

Aos 42 minutos, o Inter chegou mais uma vez com perigo e quase marcou o segundo. Abel Hernández tocou para Marcos Guilherme, que invadiu a área, finalizou, mas parou em Tadeu, que fez grande defesa no Beira-Rio.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Mosiés; Praxedes, Rodrigo Dourado (Lucas Ribeiro), Caio (Marcos Guilherme), Patrick (Peglow) e Nonato (Rodrigo Lindoso); Thiago Galhardo (Abel Hernández). Técnico: Abel Braga.

Goiás: Tadeu; Shaylon, David Duarte, Fábio Sanches, Heron e Jefferson; Breno (Daniel Oliveira), Douglas Baggio (Índio) e Ariel Cabral (Miguel Figueira); Rafael Moura (Vinícius) e Fernandão. Técnico: Augusto César.

Arbitragem:  Edina Alves Batista (Fifa-SP), auxiliada por Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Neuza Inês Back (Fifa-SP). VAR (árbitro de vídeo): José Cláudio Rocha Filho (SP).

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Para enfrentar o Goiás, Abel Braga encara dúvidas e lesões no elenco colorado
“Ele diz para pensarmos jogo a jogo”, conta Moledo sobre confiança que Abel passa ao grupo
Deixe seu comentário