Com a vitória de 1 a 0 sobre o São Paulo neste sábado, o Inter se mantém invicto em casa no Brasileirão

Jogando diante de 16 mil torcedores no estádio Beira-Rio, na noite chuvosa deste sábado (07), o time misto do Inter venceu os titulares do São Paulo por 1 a 0. Com esse placar, o Colorado chegou a 30 pontos no Campeonato Brasileiro, em sexto lugar, e manteve a invencibilidade em casa nesta edição do torneio, com oito vitórias e dois empates.

O gol foi marcado pelo atacante Rafael Sóbis, em cobrança de pênalti aos 31 minutos do segundo tempo. Ele atuou durante as duas etapas do confronto, no qual entraram apenas quatro titulares: o goleiro Marcelo Lomba, o zagueiro Victor Cuesta e os volantes Patrick e Edenílson (que entrou no decorrer da partida).

Essa foi a última apresentação colorada em Porto Alegre no primeiro turno do Brasileirão, já que a rodada de encerramento (19ª), às 11h do próximo domingo, será contra o Atlético Mineiro em Belo Horizonte. Antes, a equipe gaúcha enfrenta nesta quarta-feira o Athletico Paranaense, no primeiro duelo da decisão da Copa do Brasil – daí a opção por preservar titulares contra os paulistas nesse sábado.

Escalações

Sob o comando do técnico Odair Hellmann, o Inter esteve em campo com Marcelo Lomba, Heitor, Klaus, Victor Cuesta, Zeca, Nonato (Neilton), Bruno Silva (Edenilson), Patrick, Guilherme Parede, Rafael Sobis e William Pottker (Wellington Silva).

Já o São Paulo do técnico Cuca escalou Tiago Volpi, Juanfran (Fabinho), Anderson Martins, Arboleda, Reinaldo, Hudson, Tchê-Tchê, Vitor Bueno (Igor Vinícius), Liziero (Gabriel), Everton e Raniel.

Resumo

Disputada sob chuva mas sem problemas no gramado, a primeira meia hora da partida foi marcada pela aposta em jogadas de velocidade por parte de ambos os times. O Inter criava boas oportunidades pelos lados do campo, enquanto o São Paulo apostava em contragolpes pela esquerda, chegando a assustar a torcida colorada.

Já o último terço dessa etapa foi de amplo domínio colorado, ainda que sem estufar a rede adversária. Foram várias finalizações próximas à goleira do Tricolor paulista, algumas delas esbarrando no competente arqueiro Tiago Volpi.

No segundo tempo, o Saci manteve a postura ofensiva. Logo aos 3 minutos, Rafael Sobis fez uma boa jogada mas mandou a bola por cima. O time de Odair cobrava faltas e escanteios, até que por volta dos 13 minutos o também atacante Wellington Silva (que retornara horas antes da Espanha, onde teve um compromisso jurídico) quase abriu o placar, não fosse mais uma grande defesa do goleiro visitante.

Com movimentação intensa na linha de frente, o Inter ameaçava a zaga paulista, que acumulava cartões amarelos por faltas que impediam o prosseguimento de jogadas ofensivas dos donos da casa. Quando os cronômetros marcavam 28 minutos, o paulista Hudson cometeu falta dentro da área (bola na mão), confirmada como pênalti após análise do VAR (árbitro de vídeo). O experiente Rafael Sobis mandou a “bomba” e converteu.

Desse momento em diante, o Colorado soube segurar o resultado, exigindo mudanças na postura dos visitantes, o que acabou facilitando as escapadas em velocidade, na tentativa de “matar” o jogo. Mas as novas oportunidades de gol não foram aproveitadas até o final do duelo, com cinco minutos de acréscimo.

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Fora de casa, o Grêmio enfrenta o Cruzeiro neste domingo pelo Campeonato Brasileiro
Grêmio goleia Cruzeiro em Belo Horizonte e Everton brilha
Deixe seu comentário