Com time reserva, o Grêmio perdeu para o Fluminense por 2 a 1 no Brasileirão


Por: fabriciaalbuquerque,

De olho nas semifinais da Libertadores, o Grêmio foi ao Rio jogar contra o Fluminense pelo Brasileirão com time reserva. Os cariocas acabaram vencendo a partida deste domingo (29) por 2 a 1. Os gols do Flu foram marcados por Nenê e Caio Henrique. Patrick descontou para os gremistas. Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Corinthians no sábado (5), às 19h, na Arena, em Porto Alegre.

Mesmo com os reservas em campo, o Grêmio fez um jogo duro contra o Fluminense, mas sentiu a falta de entrosamento e acabou sendo derrotado.

Sob o comando do interino Marcão, o Fluminense abandonou o estilo de jogo de Oswaldo de Oliveira. Na base do toque de bola, o time carioca abriu o placar logo aos seis minutos do primeiro tempo. Daniel tocou para Yony González, que avançou pela esquerda e cruzou para Nenê. O camisa 77 pegou de primeira para inaugurar o marcador.

O Grêmio respondeu a partir de um erro de passe de João Pedro. Pepê ficou com a bola na esquerda, passou pela marcação e rolou para trás. Livre dentro da área, André isolou. Em nova falha do time carioca, desta vez de Paulo Henrique Ganso, Thaciano foi quem desperdiçou grande oportunidade ao chutar por cima do gol.

Com mais volume, o Fluminense ainda perdeu duas chances de marcar. Na primeira, Yony González recebeu de João Pedro e chutou com efeito. A bola foi rente à trave. Depois foi a vez de Caio Henrique cruzar para João Pedro, mas o atacante cabeceou por cima.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Fluminense voltou sufocando o Grêmio e ampliou aos quatro minutos. João Pedro tocou para Yony González, que deu de calcanhar para Caio Henrique. Ele invadiu a área e chutou por baixo do goleiro Júlio César.

A resposta veio em um arremate de Thaciano, defendido pelo goleiro Muriel. O Grêmio cresceu na partida e acabou diminuindo aos 30 minutos. Ferreira recebeu de Léo Moura e chutou. A bola sobrou para Patrick, que arrematou no fundo das redes. O time gaúcho voltou ao jogo, muito por Júlio César, que voltou a brilhar. O goleiro fez grande defesa em tentativa de Yony González.

Nos minutos finais, o time gaúcho pressionou e empurrou o Fluminense para a defesa. Na última tentativa, André apareceu livre e jogou para o meio da área. Antes que Thaciano chutasse, Nino apareceu para afastar o perigo e confirmar o triunfo dos cariocas.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Corinthians no sábado (5), às 19h, na Arena, em Porto Alegre. Antes, nesta quarta-feira (2), o Tricolor recebe o Flamengo, pela partida de ida das semifinais da Libertadores.

Ficha técnica

Fluminense: Muriel, Gilberto, Nino, Yuri Lima e Caio Henrique; Allan, Daniel (Orinho) e Ganso; Nenê (Wellington Nem), João Pedro e Yony González (Marcos Paulo). Técnico: Marcão.

Grêmio: Júlio César, Léo Moura (Guilherme Azevedo), Paulo Miranda, Rodriguez e Juninho Capixaba; Romulo, Darlan (Patrick) e Thaciano; Luciano (Ferreira), André e Pepê. Técnico: Renato Portaluppi.

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN), auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN).

VAR (árbitro de vídeo): Jose Claudio Rocha Filho (SP).

Comentários

>