Com recepção calorosa, Inter chega à Argentina para confronto contra o River Plate


Por: Valéria Possamai,

Depois derrota para o Palmeiras no Campeonato Brasileiro, o Inter já precisou virar a chave e voltar às atenções para a Copa Libertadores. A delegação colorada desembarcou na Argentina no final da noite deste domingo, onde enfrenta o River Plate, para última rodada da fase de grupos. E, a chegada teve boa recepção dos torcedores, que puderam reencontrar seus conterrâneos D’Alessandro, Martin Sarrafiore, Víctor Cuesta, além do peruano Paolo Guerrero, bastante assediado.

Ambos já classificados para as oitavas, o duelo entre argentinos e brasileiros que ocorre nesta terça-feira, às 21h30, no Estádio Monumental de Nuñez, serve praticamente para cumprir tabela. No entanto, a partida conta com um fator a mais para os colorados: a conquista da melhor campanha na primeira fase. Para conquistar tal feito, os comandados de Odair Hellmann precisam de uma vitória e um tropeço do Cruzeiro, que atualmente detém a melhor campanha. Na quarta-feira, os mineiros encaram o Emelec, no Mineirão.

Diante do panorama favorável na competição continental, a tendência é o Inter faça preservação de alguns jogadores, como o caso de Edenilson, D’Alessandro e Patrick, pendurados com dois cartões amarelos. Outro caso, é Rodrigo Dourado. O capitão que ficou de fora do jogo deste sábado, tem sofrido com dores no joelho esquerdo e pode ser novamente preservado, contudo, o jogador está com a delegação na Argentina.

Nesta segunda-feira, o time ainda realiza um último treino antes do jogo desta terça-feira. A atividade ocorre à tarde no Argentinos Juniors, em Buenos Aires.

Foto:(Divulgação/S.C.Internacional)

Comentários