Com gol nos acréscimos, Grêmio vence o Monagas e garante à classificação na Libertadores

Em um estádio com boa estrutura, mas com gramado acanhado , o time misto comandado por Renato Portaluppi marca com Ramiro e Jaílson de pênalti e se mantém na primeira colocação do Grupo 1.

Primeiro Tempo

Sem muita inspiração, mas com o já conhecido toque de bola, o tricolor foi aos poucos comandando o jogo. Porém, ainda nos minutos iniciais Renato Portaluppi viu Alisson sentir a coxa, assim, foi forçado a realizar uma substituição aos 10 minutos. O treinador coloca em jogo Maicosuel.

Após a mudança, o Grêmio passa a controlar a partida. No entanto, não leva perigo ao gol do Monagas que postava duas linhas à frente de sua área, forçando a equipe gaúcha a girar a bola e buscar espaços. Foi assim que Michel arriscou duas vezes, mas sem perigo.

A melhor oportunidade do tricolor foi em cobrança de falta de Cícero que acertou a trave. Ainda no final da primeira etapa Marcelo Grohe faz grande defesa em arremate de Romero.

Segundo Tempo

Novamente o Grêmio tenta impor o seu estilo de jogo, mas o Monagas ainda mantinha-se atrás da linha da bola e apostando no contra-ataque. A partida torna-se mais disputada, tanto que o árbitro Fernando Rapallini distribuiu cartões amarelos.

Aos 23 minutos, Ramiro abre o placar em arremate fraco de fora da área que Baroja não consegue defender. Depois do gol foi a vez do Monagas sair e buscar o empate, pouco insistiu, mas aos 46 minutos, González entra pela esquerda, chuta cruzado e Kannemann desvia para o próprio gol.

Dois minutos depois, Cícero é empurrado na área por Trejo, o árbitro não exita e marca à penalidade. Aos 50 minutos, Jaílson cobra e faz o segundo gol do Grêmio na partida.

Final, Monagas 1 x 2 Grêmio, em Maturin.

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter se reapresenta e foca na partida contra a Chapecoense
Com D’Ale e Edenílson, Inter volta aos trabalhos com bola
Deixe seu comentário