Com gol de Thiago Galhardo, Inter vence o Juventude por 1 a 0 no Brasileirão

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Jogando no Beira-Rio, na noite deste domingo (18), o Inter venceu o Juventude por 1 a 0. Após cinco partidas sem triunfar, o Colorado conquistou a vitória com gol de cabeça de Thiago Galhardo, em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Inter sobe para a 13ª posição da tabela, com 14 pontos. O Juventude aparece logo atrás, com 13 pontos.

Antes de retomar o Campeonato Brasileiro, o Inter decide a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores, na próxima quinta-feira (22), às 21h30min, contra o Olimpia. O primeiro jogo terminou em empate sem gols. Pela Série A, o Inter joga contra o Athletico-PR, às 18h15min do próximo domingo (25), na Arena da Baixada.

Após a partida, o técnico do Inter comentou o resultado. “Hoje a vitoria era fundamental. Sinto que o grupo entregou tudo. Eles lutaram muito. Estou feliz com a vitória. (…) Nós temos que continuar trabalhando. Acho que temos um bom plantel, e confio que teremos coisas boas daqui pra frente”, afirmou Diego Aguirre.

O jogo

Placar zerado no primeiro tempo de Internacional e Juventude no Beira-Rio. O Colorado começou melhor, e ameaçou três vezes com Taison antes dos 20 minutos. O Juve, por sua vez, até chegou a balançar as redes, mas a arbitragem viu mão de Rafael Foster na jogada e anulou o lance.

Depois, aos 37, Paulinho Bóia tentou cabeceio, mas parou no goleiro Daniel. O Inter ainda teve a chance de abrir o placar antes do intervalo: aos 49, Caio Vidal recebeu lindo cruzamento de Cuesta, mas furou na área quando tentou o arremate.

Só que o Inter voltou mais ligado para o segundo tempo, e abriu o placar logo aos cinco minutos. Heitor fez lindo lançamento para Galhardo, que cabeceou sem chances para Marcelo Carné. Em seguida, aos 10, Taison teve a chance de ampliar, mas parou outra vez no goleiro colorado.

Em busca do empate, o Juventude chegou perto aos 25, quando Marcos Vinicius arriscou de longe e passou perto do gol de Daniel. A vida do time visitante ficaria ainda mais complicada a partir dos 33, depois que Guilherme Castilho recebeu o cartão vermelho por cotovelada em Palacios.

Mesmo com um jogador a menos, o Juventude buscou o empate até o fim, mas a defesa colorada conseguiu se segurar e comemorou o terceiro triunfo na Série A.

Ficha técnica

– Inter (1): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Paulo Victor (Moisés); Rodrigo Lindoso, Edenilson (Johnny) e Taison (Yuri Alberto); Caio Vidal (Palacios), Thiago Galhardo e Patrick (Mauricio). Técnico: Diego Aguire.

– Juventude (0): Marcelo Carné; Michel Macedo, Vítor Mendes, Forster e William Matheus; Elton (Sorriso), Jesus (Jadson), Castilho e Wescley (Capixaba); Paulinho (Fernando Pacheco) e Matheus Peixoto (Chico). Técnico: Marquinhos Santos.

– Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meurer. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein. VAR: Pablo Ramon Pinheiro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter x Juventude: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Aguirre reitera vitória importante no Beira-Rio: “Somos um time grande”
Deixe seu comentário