Com Geromel e Kannemann juntos pela primeira vez nesta Libertadores, Grêmio encara o América de Cali

A dupla de zaga titular, Geromel e Kannemann, fará seu primeiro jogo junta nesta edição da Libertadores

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Líder do grupo E e já classificado para as oitavas de final, o Grêmio entra em campo nesta noite para encarar o América de Cali, em casa, às 21h30, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Uma vitória simples sobre a equipe colombiana mantêm a liderança da chave, dando ao clube a vantagem de decidir a vagas em casa na próxima fase. E para alcançar o resultado, Renato poderá contar com uma ajuda essencial.

O tricolor chega para a partida desta quinta-feira (22) vindo de um empate com o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, cercado por polêmicas da arbitragem que ainda repercutem no cotidiano gremista. Já na competição continental, é o líder do seu grupo, tendo vencido os dois últimos jogos, contra Inter e Universidad Católica, e conquistado a classificação antecipadamente.  No entanto, se quiser carimbar a liderança, precisa vencer os colombianos, sem depender do resultado do jogo entre Católica e Inter, no Chile.

Em sua equipe titular, Renato não poderá contar com Alisson, lesionado no tornozelo esquerdo. Luiz Fernando deve ser o substituto, mas ainda há Ferreira na disputa.  Na frente, Diego Souza volta após cumprir suspensão no Brasileirão. A principal novidade na equipe de hoje está na defesa. A dupla de zaga titular, Geromel e Kannemann, fará seu primeiro jogo junta nesta edição da Libertadores.

O provável Grêmio desta noite tem: Vanderlei; Ferraz, Geromel, Kannemann e Barbosa; Matheus Henrique e Maicon; Luiz Fernando, Jean Pyerre (Isaque) e Pepê; Diego Souza

Grêmio e América de Cali se enfrentam na Arena do Grêmio, às 21h30 (de Brasília), pela última rodada da fase de grupos da Libertadores.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio irá recorrer de decisão do STJD sobre anulação de partida contra o São Paulo
Paulo Miranda completa 12 anos de carreira e projeta sequência no Grêmio: “Entrar ainda mais na história do clube”
Deixe seu comentário