Com expulsão e lei do ex, Grêmio vence Botafogo por 3 a 1

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

O Grêmio entrou em campo em busca de um objetivo: vencer. Isso para a torcida voltar a ter confiança e também para subir na tabela, sem ter problemas futuros para enfrentar. E foi isso que aconteceu. O placar final ficou em 3 a 1. Diego Souza abriu o placar e Matheus Babi empatou ainda no primeiro tempo, ambos aplicando a lei do ex. Na segunda etapa o tricolor cresceu e Pepê marcou duas vezes. Diego Souza ainda foi expulso.

Na escalação, a zaga titular começou com Geromel e Rodrigues. Kannemann não estava relacionado. O meio de campo ficou com Maicon, Matheus Henrique e Robinho. Jean Pyerre voltou a ser opção no banco de reservas. O Botafogo iniciou a partida no ataque. Com um minuto de partida, a bola sobrou para Caio Alexandre que bateu de fora da área, mas a bola saiu e passou perto da trave de Vanderlei.

O tricolor logo partiu para o ataque, buscando o gol e sufocando o Botafogo. Aos seis, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Alisson que finalizou em cima do goleiro adversário. Depois foi novamente o camisa 23 que fez uma boa jogada, dando caneta e tudo, mas, na hora do chute, a bola subiu demais. A equipe carioca não veio para Porto Alegre à toa e, aos 15, Matheus Babi rolou para Pedro Raul que tentou toque de calcanhar, mas não conseguiu pegar em cheio na bola.

O tricolor começou bem a partida, trocando passes, porém tendo poucas finalizações a gol. Mas aos 33, a insistência na troca de passes deu resultado! Robinho levantou na área para Alisson que escorou para Diego Souza balançar as redes. Grêmio 1, Botafogo 0. A equipe de Renato Portaluppi não tirou o pé e seguiu atacando. Mas no final do primeiro tempo a lei do ex falou mais alto. Ex-jogador tricolor, Matheus Babi, marcou aos 40. O gol saiu após cobrança de falta que sobrou para o jovem atacante que finalizou para a bola balançar as redes. Final de primeiro tempo, Grêmio 1, Botafogo 1.

A segunda etapa iniciou movimentada. Logo aos dois minutos Pepê colocou novamente o tricolor à frente. Diego Souza rolou para o camisa 25 que marcou. Depois de quatro minutos, Diego Souza foi expulso. O árbitro analisou o VAR e viu uma agressão do atacante gremista em Guilherme Santos. Renato protestou e a televisão flagrou o técnico dizendo: “É um absurdo! Estão acabando com o futebol”.

Depois da expulsão o Botafogo levou perigo à Vanderlei. Rodrigues falhou e sobrou para Pedro Raul, que mandou uma meia bicicleta, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 13 foi a vez de Babi finalizar, fazendo o goleiro gremista defender. A frase “quem não faz leva” entrou em ação já que Pepê novamente apareceu para ampliar o placar. Grêmio 3, Botafogo 1.

A equipe adversária até tentava tocar a bola no ataque, mas não conseguia ser efetivo. A partida seguia sem chances claras para nenhum dos lados e se estendeu até o apito final. Grêmio tranquilo, se defendendo e o Botafogo sem levar perigo algum. Com a vitória, por enquanto, está na 10ª posição na tabela com 20 pontos. A próxima partida será fora de casa, sábado (17), contra o São Paulo.

 

 

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Confira o minuto a minuto de Grêmio x Botafogo
Tricolor vence Botafogo e Renato elogia desempenho físico da equipe: “o Grêmio correu muito”
Deixe seu comentário