Com dificuldades de retornar para a China, Jaílson se aproxima do Grêmio

Em entrevista para a Rádio Grenal, Romildo confirmou o interesse em Jaílson

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após a confirmação de Romildo Bolzan, na intensificação de busca por um volante e o Grêmio descartar a repatriação de Rafael Carioca, analisa a situação de Jaílson. O jogador ourindo das categorias de base tricolor e que atuou no clube gaúcho até 2018, é um nome que chama a atenção da direção gremista.

Sua vinda pode ser facilitada, isso porque, Jaílson está no Rio Grande do Sul desde novembro, mais precisamente em Canoas. O atleta atualmente defende as cores do Dalian, da China, entretanto, por conta da pandemia de Covid-19, o país não permite o retorno de brasileiros e outros estrangeiros de uma forma fácil. Com isso, o Grêmio vê com bons olhos a repatriação do volante através de um empréstimo.

Todos jogadores quando retornam ao país asiático, tem de que cumprir pelo menos 21 dias de quarentena e isolamento social, e a nova temporada para o clube de Jaílson começa no dia 20 de abril. Conforme apurado pela equipe de reportagem da Rádio Grenal, o time avisará o jogador até esta sexta-feira (19) do que pretende fazer em relação ao seu futuro.

Além do Grêmio, São Paulo e Atlético-MG também estão de olho na situação do tricolor. Entretanto, o clube gaúcho conta com a possibilidade do atleta querer jogar no sul e ficar próximo da sua família, tendo em vista que Jaílson é natural de Caçapava do Sul. Ainda, outro empecilho que o tricolor terá que chegar a um acordo com o jogador e o time chinês, é em relação ao seu atual salário, que gira em torno da casa do R$ 1 milhão atualmente.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter anuncia oficialmente Giovane Zanardo como novo CEO do clube
Primeiro gol e primeira coletiva, Ricardinho fala sobre momento: “Foi mágico”
Deixe seu comentário