Com baixa no ataque, Nico López pode recuperar condição de titular após mais de um mês


Por: Valeria Possamai,

Com William Pottker lesionado, o técnico Zé Ricardo terá que recorrer ao banco de reservas para formar o ataque para a partida contra o Goiás, nesta quarta-feira. Entre as possibilidades, chance para Nico López voltar a ser titular no time após mais de um mês.

A última partida que o uruguaio começou entre os onze iniciais foi há mais de um mês, exatos 36 dias, nesta terça-feira. No dia 20 de outubro, Nico foi titular no jogo contra o Vasco da Gama, que acabou com derrota do colorado, por 1 a 0, no estádio Beira-Rio.

Depois de ser ausência na última rodada, por conta de uma amigdalite, o jogador está novamente à disposição e deve suprir a baixa de William Pottker, que teve um problema no músculo posterior da coxa esquerda e, inclusive, não deve atuar mais em 2019, abrindo assim, uma brecha para sequência de Nico nas rodadas seguintes do Brasileirão.

Os últimos compromissos do time também podem marcar o encerrando da passagem de Nico López no Inter. O atacante já tem acerto com o Tigres, do México, que será seu novo destino em 2020.

A definição por Nico ou não ocorre nesta tarde, quando Zé Ricardo comanda o último treino do time. Além de Pottker, a equipe terá as ausências de Rodrigo Lindoso e Rafael Sobis, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Leia mais: Marcelo Lomba recebe advertência em julgamento no STJD e fica liberado para enfrentar o Goiás

 

Comentários

>