Claudiomiro: “O Geromel é um zagueiro um pouco mais clássico, que não faz muitas faltas e tem uma boa antecipação e tempo de bola. Se completou ao lado do Kannemann, que é um jogador de bastante força e volúpia”.


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

O ex-zagueiro do Grêmio, Claudiomiro, foi a atração do Conversa de Arquibancada dessa terça-feira e deixou a sua opinião sobre a atual dupla de zaga gremista composta por Pedro Geromel e Walter Kannemann. Na visão de Claudiomiro ambos se completam por carregarem qualidades distintas, sendo Geromel com o lado mais clássico e Kannemann com sua vibração em campo e liderança.

Falando sobre o sorteio dos grupos da Libertadores 2018 que ocorrerá nesta quarta-feira, às 21h, o ex-defensor acredita que o Grêmio será visto com outros olhos devido ao título. Desta forma todos vão querer fazer frente ao tricolor nesta próxima edição do torneio continental. Claudiomiro também afirma que na sua visão o grupo gremista deve ter oponentes com camisas pesadas, pois é importante ter jogos disputados desde o inicio da copa e isso acaba por fortalecer a competição.

Confira a entrevista completa:

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

3 comentários em “Claudiomiro: “O Geromel é um zagueiro um pouco mais clássico, que não faz muitas faltas e tem uma boa antecipação e tempo de bola. Se completou ao lado do Kannemann, que é um jogador de bastante força e volúpia”.

Comentários estão encerrados.