Capitão do Grêmio, Maicon vê como certa saída de Everton: “Não tem como segurar”


Por: Valéria Possamai,

A saída de Everton é vista cada vez mais como certa do Grêmio. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o capitão do time, Maicon afirmou que pelo destaque que o atacante vem tendo com suas atuações pelo time gremista e com a Seleção Brasileira, não há como segurá-lo no futebol brasileiro.

“O Everton vem se destacando. Ficamos felizes e triste por perder ele. Se destacou na Seleção e fica difícil de segurar um jogador desse aqui no Brasil. O mundo está comentando que ele (Everton) vai sair (risos). Vi o amadurecimento do Everton de perto. Para mim, junto com o Daniel Alves, foram os melhores. As atuações dele fazem com que isso aconteça. Não tem como segurar aqui no Brasil”, afirmou o volante.

Após a conquista sobre a Seleção Peruana neste domingo, o autor de um dos três gols do triunfo no estádio Maracanã, Cebolinha chegou a afirmar que sabe das especulações envolvendo seu nome no cenário do futebol, mas que está focado no Grêmio e na disputa da próxima quarta-feira, no confronto da Copa do Brasil. 

Contudo, o futuro do atacante segue como indefinido. Alvo principal do Manchester City, Everton teve recentemente o nome também ligado a especulações com o Milan. Contudo, durante a realização da Copa América, a direção gremista afirmou que não houve propostas oficiais pelo jogador.

O futuro de Cebolinha se apresenta no horizonte ainda como incerto, e partida desta quarta-feira pode marcar a último jogo do camisa 11 do Grêmio.

 

Comentários

>