Caio Henrique deixa Grêmio à pedido do Atlético de Madrid

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Através de nota publicada nos canais oficiais do tricolor, o Grêmio informa à sua torcida que o Atletico de Madrid, fazendo uso de cláusula do acordo firmado entre as partes, solicitou o retorno do atleta Caio Henrique. O clube espanhol solicitou o retorno do jogador a pedido do técnico Diego Simeone. O lateral pertence ao clube espanhol e tinha contrato de empréstimo com o tricolor até o final do ano, mas uma cláusula permite ao Atlético solicitar o retorno imediato.

O pedido de retorno se dá pelas carências no atual elenco do Atlético, já que Simeone atualmente conta apenas com com Renan Lodi para a posição. A intenção do Atleti é buscar os seus jogadores emprestados para inscrever no Campeonato Espanhol, que marcou retorno para junho, e na Liga dos Campeões. Além disso, o clube espanhol e o técnico argentino enxergam uma valorização do jogador desde sua chegada ao Fluminense até os últimos jogos pelo Grêmio, além da participação no Pré-Olímpico.

Caio tem 22 anos e disputou apenas cinco jogos pelo Grêmio na temporada. Dois como reserva e três com titular. A última partida foi no Gre-Nal da Libertadores, no qual foi expulso na confusão generalizada. Em clima de despedida, o lateral agradece o empenho do Grêmio para traze-lo ao clube e espera que um dia possa retornar a vestir a camisa do tricolor. “Quero agradecer ao Grêmio pela oportunidade de vestir essa camisa, especialmente ao presidente Romildo, ao nosso técnico Renato e ao Klauss por todo empenho para a minha contratação. Em especial também a torcida do Grêmio que me marcou muito, especialmente na minha estreia que vencemos o Grenal. Espero um dia poder retornar ao Grêmio que seguirá, para sempre, no meu coração”, diz Caio Henrique em entrevista ao clube.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio encerra semana de treinos básicos e se prepara para avançar nas atividades
Grêmio não demonstra “pressa” para repor saída de Caio Henrique e jovens da base pedem passagem
Deixe seu comentário