Brasil vence Equador com gols de Gabriel Jesus e Neymar

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil bateu o Equador na altitude de Quito e somou 12 pontos, ficando na 5ª posição. A Seleção também quebrou um tabu de 33 anos sem vencer os equatorianos no país. A Seleção volta a jogar na próxima terça-feira, dia 6, contra a Colômbia, em Manaus, pela oitava rodada da eliminatória para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Primeiro Tempo

O Brasil entrou em campo com um time praticamente novo, com Tite apostando suas fichas em uma nova formação, num 4-2-3-1, com Neymar e Willian abertos e Gabriel Jesus no comando de ataque. Do outro lado um Equador, que jogando em casa, tomava o controle do jogo, apertando a marcação, num 4-4-2, que pressionava a saída de bola brasileira.

O jogo era truncado, bem disputado no meio de campo, e com muitas paralisações. Sem tirar o pé, os equatorianos chegavam firme, enquanto o Brasil tentava o toque de bola e a aproximação. Contudo, era nítida a falta de entrosamento e os erros de passes foram uma constante no primeiro tempo.

Quando chegava na frente, a Seleção pecava no último passe e desperdiçava o ataque. Também vale o destaque da quantidade de finalizações erradas dos jogadores brasileiros, com a maioria indo por cima da meta do goleiro Domíngues.

Segundo Tempo

Os times retornaram para a segunda etapa sem substituições. Mais cansado pela altitude, o Brasil buscou a posse da bola, sem muito ímpeto ofensivo. Já os equatorianos tinham ainda a vontade de buscar os três pontos dentro de casa e a liderança das eliminatórias.

Mesmo assim, a equipe de Tite conseguia encontrar espaços em meio a uma defesa mais aberta, já que os adversários buscavam o ataque, principalmente em chutes de longa distância. Com aproximação dos meias e Gabriel Jesus buscando mais o jogo, o Brasil chegou ao primeiro gol. Gabriel Jesus recebeu lançamento longo e ganhou na corrida do lateral Mina. Quando chegou perto do gol foi derrubado pelo goleiro e o arbitro marcou pênalti. Neymar cobrou e abriu o placar.

Mais aliviado com o gol, o Brasil foi para cima e ainda contou com a expulsão do lateral Paredes. O time melhorou bastante, criando boas oportunidades, já que tinha mais espaço para jogar. E assim chegou ao segundo gol, dessa vez um belo gol de Gabriel Jesus, que recebeu cruzamento de Marcelo e arrematou de calcanhar.

Aos 46′, com a partida já definida, o Equador partiu para o ataque e o Brasil ampliou, novamente com G. Jesus. O atacante do Palmeiras recebeu de Neymar, girou e bateu no ângulo. A equipe de Tite goleava, depois de um primeiro tempo ruim e melhor no segundo, principalmente depois da expulsão de Paredes.

 

Ficha Técnica

EQUADOR 0 X 3 BRASIL
Data: 1º de setembro de 2016, quinta-feira
Horário: 18 horas (de Brasília)
Local: Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (Equador)
Público: 34.887 pagantes
Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai) Assistentes: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (ambos do Paraguai)
Cartão amarelo: Domínguez, Miller Bolaños, Jefferson Montero e Paredes; Paulinho
Cartão vermelho: Paredes

Gol: Neymar, aos 26, e Gabriel Jesus, aos 41 e aos 46 minutos do 2º tempo

EQUADOR: Domínguez; Paredes, Mina, Achilier e Ayoví; Noboa e Gruezo; Enner Valencia, Miller Bolaños e Jefferson Montero (Arroyo); Caicedo. Técnico: Gustavo Quinteros

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto; Willian (Philippe Coutinho), Gabriel Jesus e Neymar. Técnico: Tite

 

Voltar Todas de Notícias

Compartilhe esta notícia:

Inter se reapresenta mais leve após vitória sobre o Fortaleza
Falcão: ”Não esperava ser demitido depois de 5 jogos, isso eu não entendi”
Deixe seu comentário