Brasil goleia por 7 x 1 Haiti pela Copa América Centenário


Por: Gabriel Corrêa,

Em seu segundo jogo pela Copa América Centenário, a Seleção Brasileira, jogando no estádio Camping World, fez 7 gols no Haiti e teve em Philipe Coutinho seu principal articulador.  Em um grande primeiro tempo, com jogadas individuais e belos passes, o meia fez um hat-trick e foi o melhor em campo disparado.

Primeiro Tempo

A diferença entre as duas equipes era gigantesca e comparações de qualidade não são necessárias. O fato é que o Brasil fez o que tinha que fazer. Criou oportunidades, fez boas jogadas e conseguiu os gols

Aos 13 minutos, Phillipe Coutinho, após sair da intermediária com a bola dominada, puxou para o meio da área soltou a bomba para abrir o marcador. O Brasil tocava de lado, pressionava, jogava tranquilo. Tanto que após boa troca de passes, Daniel Alves cruzou da linha de fundo para Jonas, que sem conseguir o arremate, tocou para P. Coutinho, livre de marcação, empurrar paras as redes.

Seis minutos depois, Renato Augusto ampliou, em cabeçada certeira. O meia recebeu cruzamento de Daniel Alves, que tinha recuperado a bola depois de uma saída ruim do goleiro haitiano.

Segundo Tempo

A segunda etapa não foi muito diferente da primeira. Logo aos 13 minutos, após contra-ataque rápido puxado por Elias, Gabriel Barbosa recebeu em velocidade na entrada da área e chutou cruzado para ampliar o placar.

O quinto gol saiu de mais um cruzamento de Daniel Alves. Em jogada de linha de fundo, o lateral do Barcelona cruzou na cabeça de Lucas Lima. O meia santista cabeceou no contra-pé de Placide, que não teve chance de defender.

A partida até poderia ter acabado após o quarto gol brasileiro, mas o Haiti queria o seu gol de honra. E veio. Depois de jogada pelo lado esquerdo da defesa brasileira, Álisson espalmou o chute de um atacante haitiano e a bola sobrou para Marcelin tocar para o fundo do gol aos 23′.

O jogo já se encaminhava para o final, com as duas equipes diminuindo o ritmo. Dunga testava mais formações, modificando o meio campo. Contudo, Renato Augusto fez o sexto para a seleção, segundo dele na partida.

E nos acréscimos, para fechar com ”chave de ouro”, Philipe Coutinho, em mais um bonito chute de fora da área, deu números finais à partida.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL 7 X 1 HAITI

BRASIL – Alisson; Daniel Alves, Gil, Marquinhos e Filipe Luis; Casemiro (Lucas Lima), Elias (Wallace), Renato Augusto, Willian e Phillipe Coutinho; Jonas (Gabriel). Técnico: Dunga.

HAITI – Placide; Alcenat (Maurice), Jrôme Mechack, Genevois e Jaggy; Goreux, La France, Marcelin, Jean Alexandre (Hilaire) e Jeff Louis; Belfort (Nazon). Técnico: Patrice Neveu.

GOLS – Phillipe Coutinho, aos 13 e aos 28, e Renato Augusto, aos 34 minutos do primeiro tempo; Gabriel, aos 13, Lucas Lima, aos 22, Hilaire, aos 24, Renato Augusto, aos 40, e Phillipe Coutinho aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Mark Gelger (EUA).

CARTÕES AMARELOS – Goreau e Casemiro.

PÚBLICO – 28.241 pagantes.

LOCAL – Camping World, em Orlando (EUA).

Comentários