Brasil empata com a Colômbia e encerra sequência de vitórias

Sob o comando de Tite, o Brasil havia vencido todas as partidas oficiais que disputou. O único revés, porém, veio no amistoso contra a Argentina, disputado na Austrália. Na tarde desta terça-feira, a Seleção Brasileira encerrou a sequência de nove vitórias consecutivas nas Eliminatórias da Copa do Mundo 2018 – a maior da história – com um empate por 1×1 em Barranquilla. Gols de Willian e Falcão Garcia.

O comandante brasileiro foi obrigado a promover mudanças entre os titulares, após a suspensão de Marcelo pelo segundo cartão amarelo e Miranda lesionado. Além dos defensores, Tite poupou Casemiro e Gabriel Jesus, dando oportunidade para Fernandinho e Roberto Firmino, respectivamente. Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís estiveram na linha defensiva. Fernandinho, Renato Augusto e Paulinho formaram o tripé de volantes, enquanto Neymar, Willian e Firmino completaram a equipe.

Cusco em campo e pouca efetividade

Mesmo com as alterações, o Brasil iniciou pressionando os mandantes. Daniel Alves em cobrança de falta e Fernandinho após sobra de bola na área colombiana, levaram perigo ao goleiro Ospina. Destaque da última Copa do Mundo, James Rodríguez retornou à equipe, depois de ficar no banco contra a Venezuela, e deu trabalho aos zagueiros brasileiros. Na primeira oportunidade, finalizou cruzado para a segura defesa de Alisson. Firmino também teve oportunidade, mas também parou no camisa 1 da Colômbia.

Evento tradicional nos campos do futebol sul-americano, um cachorro invadiu o gramado do Estádio Metropolitano e interrompeu a partida, fazendo a festa dos torcedores presentes. Superstição ou não, depois da invasão canina, o Brasil desencantou no último lance da primeira etapa, e com um golaço. Neymar escorou lançamento de Daniel Alves, e Willian pegou de primeira, acertando o ângulo de Ospina. Bola indefensável.

Na volta da segunda etapa, a postura da equipe de Tite se alterou e logo o empate aconteceu. James Rodríguez encontrou o lateral Arias pelo lado direto, que só teve o trabalho de cruzar para a área e ver Falcão Garcia se antecipar ao jovem Marquinhos e cabecear pro chão, cruzado, como manda o figurino. Logo em seguida, James, novamente levou perigo, cobrando falta lateral direto para o gol, acertando a trave brasileira.

Tite, buscando a vitória, colocou Gabriel Jesus e Philippe Coutinho nos lugares de Roberto Firmino e Renato Augusto, mas o placar permaneceu o mesmo. Nos instantes finais, Thiago Silva sentiu dores e precisou ser substituído por Rodrigo Caio.

O empate mantém o Brasil na liderança folgada das Eliminatórias com 37 pontos. A Colômbia, por sua vez, permanece na vice-liderança com 26, podendo ser ultrapassada pelo Uruguai ainda hoje.