Beto Campos, o técnico a ser batido no Gauchão 2017

O início de Campeonato Gaúcho do Novo Hamburgo tem sido irreparável. Até o momento, são 5 jogos disputados e 5 vitórias – uma delas contra o Internacional, no Beira-Rio. A sensação da competição tem na beira do gramado o experiente treinador Beto Campos, com longa história no futebol do Rio Grande do Sul; e o repórter Kalleb França conversou, justamente, com o comandante da equipe do Vale dos Sinos.

“Uma campanha excelente, super de difícil de acontecer, principalmente com uma equipe do interior. Cinco jogos na competição e cinco vitórias. É um trabalho, que a gente tem feito, junto com o grupo de jogadores, muito forte, desde a pré-temporada. Felizmente isso tem acontecido, os jogadores têm dado uma resposta super positiva dentro daquilo que trabalhamos.  Os resultados estão acontecendo”, exaltou o técnico.

Nesta segunda-feira (06), o Novo Hamburgo recebe o Passo Fundo no Estádio do Vale. O confronto encerra a sexta rodada do Gauchão, e dá ao clube alviazul a possibilidade de saber todos os resultados das partidas do final de semana, incluindo o clássico Grenal, que terminou empatado. “As dificuldades da competição só tendem a aumentar agora, o campeonato pela dificuldade que é, e pela situação de ter algumas equipes na parte de baixo, com troca de comissão técnica, que é o caso do Passo Fundo. A gente já vinha monitorando o Passo Fundo, e temos que procurar buscar os objetivos traçados antes do início da competição”, afirmou Beto.

O atual líder do Gauchão vem mesclando jogadores experientes com atletas jovens nas últimas temporadas, mas nem sempre a fórmula traz os resultados esperados. Em 2017, no entanto, a força do conjunto tem se sobressaído, segundo o treinador. “Eu acredito sempre no coletivo, vejo que o coletivo estando forte, vai aparecendo as individualidades. Uma equipe bem organizada, com jogadores cumprindo suas funções, vai aparecer principalmente do meio para frente. Felizmente, é isso que tem acontecido na nossa equipe”, finalizou.

Confira a entrevista completa:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.